Outras Cidades Toscanas à Descobrir

Não é somente nas cidades grandes que encontramos coisas interessantes para ver e fazer. Os pequenos Borgos da Toscana oferecem o chamado slow travel, o viajar sem pressa, curtindo cada momento. Se você já conhece As Principais Cidades da Toscana, agora é hora de se aprofundar nas maravilhosas e encantadoras cidadelas menos assediadas pelo turismo de massa.

 
val-dorcia-17


Fiesole

Há somente 20 minutos de distância do centro de Firenze, surge sobre uma colina, Fiesole, uma cidade de origens etruscas que mantém muito bem preservado o seu Teatro Romano e as ruínas que testemunham a passagem dos romanos por estas terras. A praça principal é o coração da cidade, onde a vida acontece. Diversas opções gastronômicas entre bares e restaurantes com suas diversas mesas ao ar livre; mercadinhos de antiquariado e artesanato; exposição de arte moderna; concertos durante os meses quentes. A subida de ônibus já faz valer a pena o passeio pela maravilhosa vista sobre Firenze. Não deixe de subir até a Igreja de San Francesco para admirar o panorama à cerca de 300 metros de altura! Durante os meses de verão a cidade organiza o festival de música, teatro e cinema “Estate Fiesolana” que se desenvolve nas ruínas do Teatro Romano.

piazza-mino-fiesole
Piazza Mino da Fiesole
fiesole
Palazzo Pretorio e Igreja de Santa Maria Primerana, em Fiesole
Saiba mais sobre Fiesole! Leia o artigo: “Fiesole – A Minha Cidade!”

Vinci

Nada mais, nada menos que a cidade onde nasceu o gênio Leonardo da Vinci. Encontra-se entre Firenze e Pisa, no Valdarno Inferiore. No alto de Montalbano, uma esplendida vista para o Vale do Arno e Pistoiese repleto de videiras e oliveiras. Outro ponto de interesse, como não poderia faltar, o Museu Leonardiano com uma ampla coleção de máquinas e maquetes de Leonardo.
Em Junho a cidade organiza um jantar renascentista com pratos de receitas da época e no fim de Julho ocorre a Festa dell’Unicorno que propõe uma viagem ao mundo da fantasia: teatro, magia, batalhas, musica e gastronomia.
Vinci
Vinci
vilarejo de Vinci visto de cima
vilarejo de Vinci visto de cima

Certaldo

Uma cidade murada medieval localizada próxima à San Gimignano, sobre uma colina de forma alongada. Seu nome deriva do latim “cerrus altus” que significa “colina coberta de carvalhos”. Foi durante o século XIV a residência de Boccaccio, um dos maiores narradores e poetas italianos da história, autor de Decameron. O edifício mais representativo da cidade é o Palácio Pretorio, construído por volta do fim do século XII, onde a família Alberti viveu e governou a cidade por séculos. O produto típico de Certaldo, levado muito a sérios pelos seus habitantes – mereceu uma citação no livro de Boccaccio e está presente no brasão da cidade – é a cebola. Mas a cebola de Certaldo é muito especial mesmo! Vale a pena degustar a marmelata di cipolla di certaldo que acompanha queijos. No mês de Junho acontece o maior evento da cidade: Mercantia, o maior festival italiano de teatro de rua. São 5 dias de apresentações diversas entre música, teatro, artesanato e dança que levam centenas de pessoas a lotarem as ruelas da cidade! Experiência inesquecível!
Via Boccacio de Certaldo
Via Boccacio de Certaldo
Palazzo Pretorio de Certaldo
Palazzo Pretorio de Certaldo
Saiba mais sobre Certaldo no artigo: Certaldo – A cidade que inspirou o poeta Boccaccio

Monteriggioni

Talvez seja a menor “cidade” que já visitei. Localizada entre Firenze e Siena, Monteriggioni foi construída com a função militar de defesa de Siena perante Firenze quando as duas cidades lutavam pela expansão de seu território. Os muros que a circundam, espessos mais de 3 metros, são do início do século XIII. Surge sobre uma colina rodeada de oliveiras e videiras que produzem os produtos vendidos nas lojas da cidade. É possível subir na muralha para admirar a vista para o vale. Outra atração é o museu com armas medievais. No mês de Julho acontece uma grande festa medieval.

Piazza Roma, Monterrigioni
Piazza Roma, Monterrigioni
muralha-monteriggioni
Passarela sobre a muralha de Monteriggioni
 
Saiba mais sobre Monteriggioni no artigo: “Monteriggioni, a Cidade Fortaleza”

Pienza

Esta esplêndida cidade fica no Val d’Orcia, entre Montalcino e Montepulciano. Sua beleza deve-se à uma figura que marcou o Renascimento italiano: Papa Pio II (Enea Silvio Piccolomini) que decide dar vida à sua chamada “Cidade Ideal”, onde o homem pudesse viver em harmonia consigo mesmo e a Natureza. O projeto do primeiro plano regulador da história é entregue ao arquiteo italiano Leon Battista Alberti que cria um centro renascentista no interno do antigo borgo medieval.
Os principais edifícios da cidade são a Cattedrale di Santa Assunta, Palazzo Piccolomini e Palazzo Comunale. Pienza também é conhecida por ser a cidade das ruas do amor. Você encontrará a Via del Bacio, Via dell’Amore, Via della Fortuna…

O produto típico da cidade é o Peccorino di Pienza, um queijo fresco feito com o leite de ovelha.

pienza
Catedral de Santa Maria Assunta

 

pienza-11
Saiba mais sobre Pienza no artigo: Pienza – A Cidade Utópica do Renascimento

Bolgheri

Uma cidade pequeníssima que produz um vinho tão grandioso! Não faltam as numerosas enotecas onde degustar este que é um dos melhores vinhos produzidos na Toscana que leva o nome de sua cidade. O que mais me encanta neste lugar são os detalhes: uma fachada coberta por uma trepadeira, uma oliveira centenária, uma varanda com uma decoração inusitada. A estrada para chegar à Bolgheri é cercada dos dois lados por pinheiros que acompanham o sobe e desce do terreno. Um cartão posta! Em Setembro tem o Bolgheri Jazz Festival.
Saiba mais sobre Bolgheri no artigo: “Bolgheri, Minha Cidade Encantada”

Localize-se! 

Veja no mapa onde estão estas maravilhosas cidades toscanas à descobrir! A melhor maneira de chegar até elas é com carro.

 

 

Para conhecer outras cidades da Toscana, leia também:
As Principais Cidades Toscanas e …in Chianti – As Cidades do Vinho

Deixe seu comentário

9 comentários

  1. Verdade, Denya! Eu tmb adoro passear por estas pequenas cidades! Aconselho à todos que queiram fazer uma viagem tranquila, sem hora pra ir pra próxima cidade do roteiro…

  2. Barbara, adoro o seu blog! Muito legal! Gostaria de ver uma matéria sobre San Miniato, proxima a Empoli, que vai ter a Feira do Tartufo Bianco. Um grande abraço de seu ex-professor, Vicente.

  3. Vicente! Eu adorava ser sua aluna!!! Que bom que adora meu blog! 🙂 hehe! Se o clima ajudar, vou nesse fim de semana à San Miniato, pois no próximo vamos fazer a colheita de olivas!!! Aguarde… 😉 Obrigada pela mensagem! Abraços, Babi.

  4. ilmacomentou

    Amiga recomendou seu blog. Estou adorando! Vou para Firenza em maio. Agora com um pouco mais de calma mas sinceramente já pensando em voltar para conhecer pequenas cidades que adoro. Abraços

  5. Oi, Ilma! Que bom que curtiu o Blog! 🙂 Toscana é realmente muito rica de cidadezinhas encantadoras prontas para serem descobertas!!! E estas do post são só algumas! Escreverei mais sobre outras cidades, continue acompanhando! 😉 Bjos e obrigada pela visita!!!

  6. oi Babi, parabénspelo seu Blog. Muito bom mesmo. Agora queria uma ajuda, se possível. 😀

    Estou indo com minha esposa para a Itália em Setembro. O Roteiro é Milão -> Cinque Terre -> Toscana -> (Costa Amalfitana ou Suiça) -> Milão. COmo aqui é um blog da Toscana, vou ficar só no pedido de ajuda da toscana mesmo! kkkkkkkkkkkkk…

    Bem, reservamos uns 8/9 dias pra Toscana. Saimos de Cinque Terre de Trem em direção a Florença , parando um Pisa para dar uma olhada pra torre inclinada, e ai vem as dúvidas. kkkk. A idéia é fazer a toscana de carro para poder ir curtindo. Pra gente, uma viagem não é só o destino mas o caminho. Adoramos andar por ai, observando as coisas, as ruazinhas, etc.

    Não pretendemos alugar carro em Florença, mas sim, só no dia de sair. Mas ai vem as dúvidas: Alugamos um Hotel em Florença, passamos uns 2 dias e vamos pra outra cidade de carro e fazemos de base ? Fazemos florença de base, alugamos o carro e ficamos em bate e volta para toda a toscana ? OU dividimos a toscana ao menos em duas bases , uma perto de Florença e outra perto de Siena ? Ou melhor parar em um único ponto , alugar o carro e ficar em bate volta os 8/9 dias, incluindo ir em Florença e Siena ? Haja dúvida ein! kkkkkkkk..

    Há ? 8/9 dias é suficiente ou é muito , já dá pra aproveitar em outras coisas ? Pelo que via as cidadezinhas são perto. É legal algo mais slow mas tb não dá pra ficar monótono demais né.. kkkkk..

    Muito Obrigado.

  7. Rosa Alicecomentou

    Adorei o blog, parabéns. Conheci em 2014 algumas dessas cidades e me encantei. Adorei quero voltar muitas vezes para a Toscana e conhecer outras cidades.

    1. Oi, Rosa! Espero que volte várias vezes para a Toscana! Obrigada pelo comentário, baci!