Castello di Volpaia – um Vilarejo Medieval dentro do Chianti

Volpaia é um apaixonante burgo medieval entre Castellina e Radda in Chianti, dentro da zona vinícola do Chianti Clássico. É o típico vilarejo Toscano com ruas estreitas, construções em pedra, janelas e portas de madeira decoradas com vasos de flores! O caminho para chegar até aqui é digno de filme: uma estrada sinuosa em leve subida, costeado por ciprestes e uma vista estonteante!

volpaia-04


O Castelo de Volpaia foi construído no século 10 em uma posição privilegiada e estratégica, sobre uma colina alongada, cercada por dois afluentes do Rio Pesa. Ele era protegido por uma muralha de forma elíptica com torres altas de proteção. O seu azar na história foi estar exatamente na fronteira entre as eternas rivais Repúblicas de Siena e Florença. Inicialmente era pertencente ao território fiorentino, mas após a guerra de 1478, foi parcialmente destruída e à partir de então anexada ao território senese. Após a conquista definitiva de Siena por parte dos fiorentinos, em 1555, o Chianti perdeu a sua função militar e o período de paz o permitiu prosperar em outros campos, um deles o da vinicultura.

volpaia-02

O que Fazer
Hoje restam alguns fragmentos da muralha medieval e duas de suas torres ainda permanecem em pé. O edifício mais significativo de Volpaia é a Comenda de Santo Eufrosino, uma igreja-torre construída entre 1443-1460. Ela foi desconsagrada em 1932 e hoje funciona como local de mostras de arte.

volpaia-14
Dentro do burgo medieval fica cantina da vinícola Castello di Volpaia, produtora de vinhos Chianti Clássico e Branco de Vopaia. A visita com degustação dura cerca de 1h30, realizada em 3 horários diferentes do dia, custo de 16€/pessoa. A reserva é obrigatória (info@volpaia.com). Mas caso não tenha tido tempo de se programar, a loja da vinícola está sempre aberta durante a alta estação (Páscoa-Outubro) com possibilidade de degustar 3 de seus vinhos a 5€/pessoa.

volpaia-06

A primeira vez que estive neste vilarejo era a época da vendemmia (colheita), e o cheiro das uvas sendo espremidas se espalhava pela cidade! Durante este período (setembro/outubro) é possível degustar o doce típico da vendemmia, a schiacciata all’uva que em Volpaia é feita pelas mãos da Paola do Bar-Ucci.

volpaia-10
Schiacciata all’uva!!! O doce típico da vendemmia!

Onde Comer
A Família Barucci é proprietária do único bar da cidade, o Bar-Ucci, aberto do café-da-manhã até o aperitivo. Aqui você é sempre bem-vindo para degustar vinhos e tábuas de frios. Em frente fica o Restaurante La Bottega di Volpaia, onde saborear pratos caseiros da tradição chiantigiana preparados pela Dona Gina, a mãe de Paola e Carla. No inverno, não deixe de provar a Ribolita especial da Dona Gina!

volpaia-08
Dona Gina tinha acabado de colher da horta o cavolo nero para fazer a sua Ribolita especial!

Se você procura por uma cozinha mais requintada, a Osteria di Volpaia propõe pratos típicos da tradição chiantigiana reinterpretados em chave fresca e contemporânea. O restaurante fica a poucos passos do Bar-Ucci, ao lado da muralha medieval. Possui duas salas internas e um pequeno e charmoso terraço externo.

volpaia-12
Bar-Ucci

Onde Dormir
Se curte o estilo slow travel de viajar, passe algumas noites em um hotel do Chianti para aproveitar a paz e o sossego que a região lhe oferece! Uma boa escolha é o La Locanda, um agriturismo a 3 Km de Volpaia, 9 Km de Panzano in Chianti e 11 Km de Radda in Chianti. As 6 suítes ficam dentro de uma antiga casa de campo do século 16.

volpaia-11

Volpaia não é uma meta para todo tipo de viajante. Aqui a vida tem outro ritmo, outra atmosfera, que, se você encontrar a mesma vibração, poderá ser transportado para outra época! Para mim Volpaia é um lugar mágico, para ser visitado com calma, pois o que ele tem de melhor para te oferecer é a contemplação!

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. Belíssimo post! Descreveu em palavras o carinho que sente pelo local, acrescentando as pessoas que, com certeza, fazem desse lugar o tão especial que ele é!!! Um dia irei até aí e me lembrarei de suas palavras…Gratidão

  2. Oi, Lilian! Isso mesmo! Não somente o lugar é especial, mas quem mora lá tmb! <3 Obrigada pela visita e pelo recadinho! 🙂 Bjos

  3. Julia Guasticomentou

    Nossa, lá vinha um textão pra vc ler, mais perdi 🙁

    Olá Barbara!!!
    Ótimo o seu blog, como tem tirado minhas duvidas.
    Tenho acompanhado vários posts, mais mesmo assim nós ainda sétimos necessidade das perguntas, né ? Rs
    Estamos pensando em sair do Brasil, começaremos a papelada da cidadania e nossa escolha foi Itália/Florença
    Rondam tantas dúvidas r medos na minha cabeça.
    Iremos com duas filhas de 4 e de 1 ano, o que me dá mais insegurança ainda, mais me motiva ao saber q estarão vivendo bem melhor que nesse Brasil
    Onde vc mora? Oque pode me dizer a respeito de melhores bairros a se morar em Florença ?
    Sei que a crise pegou aí também, mais como está em relação à empregos?
    Fotografia infantil, newborn já ouviu dizer ? Acha q aí eh reconhecido? E Salao? Cabelos, unhas, makes.. As mulheres dao valor?
    Sabe me dizer hoje, como está escolas/creches? São públicas né ?

    Não sei se vai conseguir me ajudar
    Meu marido ainda tá na faculdade, sabe se tem a possibilidade ele transferir os estudos prai? Pois talvez ele terminando aí, seria mais fácil conseguir algo na área dele (na minha cabeça)

    Poderíamos conversar por e-mail? Se não for encômodo pra vc
    Me daria mais segurança tirar mais dúvidas com brasileiros q estão vivendo dia a dia aí

    Beijinhos