A Mistica Abadia de Sant’Antimo

A poucos minutos da cidade de Montalcino, capital do famoso vinho Brunello, está localizada a mística Abadia de Sant’Antimo dos monges beneditinos. Este é um dos maiores exemplos de arquitetura monástica medieval. Sua arquitetura românica em travertino resplende na paisagem rural, em meio a vinhedos e oliveiras.

badia-di-sant'antimo
Badia di Sant”Antimo, Montalcino

Diz a lenda que foi Carlos Magno, Imperador do Sacro Romano Império, à fundar esta igreja em 781. Durante a sua viagem de retorno de Roma, ele e seu exercito foram afetados por uma peste que foi curada graças às ervas encontradas no local onde hoje surge a Abadia.

Provavelmente já existia um oratório dedicado à Sant’Antimo, santo bispo de Arezzo, desde o século 4, pois este teria sido o local do seu martírio. Depois, em época Longobarda (séc. 5-6), foi construído o primeiro núcleo do monastério beneditino que era usado como dormitório pelos peregrinos em direção ou retorno de Roma.

A estrutura arquitetônica atual é do século 12, uma reforma e ampliação que foi possível graças à uma grande doação do Conte Bernardo degli Ardengheschi. Este foi um dos períodos de ouro da Abadia, cujo abate tinha autoridade sobre outras 38 igrejas e uma das maiores propriedades fundiárias que se estendia por Siena, Florença, Grossetto e Pistoia.

 

A riqueza do monastério foi a principal causa do seu declínio. Seu excessivo poder incomodou a cidade de Siena que começou a entrar em conflito à partir do início do século 13. Sua total decadência aconteceu em 1462, quando o Papa Pio II tirou a sua independência e a englobou da diocese de Montalcino.

Farmácia Monástica

Em época medieval, eram os monges que cultivavam ervas para a elaboração de elixir, chás e remédios medicinais para bem estar e cura de doenças. Na sala do Tesouro, é possível comprar algumas destas especialidades feitas com lavanda, azeite de oliva, pimenta preta, uva, entre outras frutas e ervas. Entre eles, o Amaro di Sant’Antimo, feito com a Erva Carolina, famosa por ter curado o exército de Carlos Magno, ou as cervejas que seguem a antiga receita dos monges.

Jardim de lavandas da Farmácia Monástica

Canto Gregoriano

A Abadia de Sant’Antimo é famosa pelos cantos gregorianos de fim de tarde. Entre o verão e outono de 2017 está acontecendo uma mudança da ordem religiosa que ocupa a estrutura e ainda não é certeza se os cantos gregorianos continuarão. Por enquanto somente a missa de domingo de manhã é garantida.

Informações Úteis

A Abadia está aberta todos os dias nos seguintes horários:
Inverno (1 Novembro- 31 Março): 10.00- 17.00
Verão (1 Abril- 31 Outubro): 10.00- 19.00
Santa Missa: domingo às 11:00

Entrada: grátis
Vídeo-guia: 3 euros

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. Ida Mariacomentou

    Este blog é ótimo. Acompanhando ele eu fico conhecendo muita coisa da Toscana. Parabéns !!!!!!!

  2. ANGELICA Marsulo Vialtocomentou

    Fui a10 dias atras belíssima adorei vizitar!!