Bolgheri, minha cidade encantada

Dentre todas as cidades produtoras de vinhos famosos que visitei até hoje a que eu mais gostei foi Bolgheri. Ela sem dúvida é a menor de todas, acho que em 5 minutos pode-se dar uma volta completa dentro da cidade! Como toda cidade medieval, ela é murada e as construções são todas em pedra. Entra-se na cidade através de um grande portal em arco, onde logo a sua direita você verá uma igrejinha simpática. No dia de minha visita à cidade, para completar a magia do local, um casal de noivos saia pela porta da igreja e eram recepcionados pelos familiares e amigos com a chuva de arroz.

Viale di Bolgheri
O que para mim a torna especial náo é o fato de ser pequena, ou de ser construida toda em pedra, mas sim nos seus curiosos detalhes que enriquecem a visita à cidade. A começar pelo Viale di Bolgheri, a estrada que te conduz à cidade, circundada por ciprestes que acompanham acima e a baixo o caminho levemente ondulado do terreno. Dentro da cidade, ruelas estreias te convidam a serem descobertas, flores e outros tipos de decoraçoes curiosas nos balcões das casas, uma oliveira enorme que possui mais de 300 anos!
Oliveira do ano de 1720
Embora seja uma cidade famosa basicamente pelo vinho que produz nos terrenos que a circundam, Bolgheri nao é só feita de inumeras enotecas uma ao lado da outra. Claro que elas estão presentes em maioria, e não deixe de entrar numa delas para degustar uma taça de um excelente Bolgheri. A sorveteria não poderia faltar, e todos tomam sorvete mesmo no inverno! Ao lado, uma loja de perfumes, óleos e essencias da marca local Acqua di Bolgheri, para comprar aquele presente especial. Um artesão expõe suas obras na frente de seu pequeno atelier. Uma técnica única, obra pela qual me apaixonei!
Depois de um certo tempo que se vive na Itália é normal perder um pouco daquele deslumbramento inicial com a arquitetura das cidades, pois vira seu quotidiano, por exemplo, passar na frente do Duomo de Firenze. Mas em Bolgheri eu pude resgatar essa experiência que só um turista pode viver. Todas essas sensações que descrevi a você são muito pessoais, obviamente, e provavelmente foram influenciadas pelo meu estado de espírito naquele momento. Para mim foi um dia mágico, como uma viagem à um mundo paralelo, e espero que você possa ter esta mesma sensação quando estiver lá!

Deixe seu comentário