As Mais Lindas Catedrais da Toscana

Você sabe qual é a diferença entre Duomo e Catedral? A maior igreja de uma cidade recebe o nome de Duomo, do latim domus, “casa” de Deus. Já a Catedral é a principal igreja de uma diocese, onde reside o bispo. Por isto, normalmente Duomo e Catedral são a mesma igreja, mas não significa que são sinônimos! Na Toscana temos 32 Duomos e eu selecionei os mais bonitos deles que merecem sem dúvida a sua visita!
 
Duomo di Firenze
A Catedral de Santa Maria del Fiore foi construída à partir de 1296 por Arnolfo di Cambio, o principal arquiteto de época medieval em Florença, seguindo o estilo gótico. Foi finalizada somente em 1468 com a colocação da esfera dourada no topo da cúpula de Brunelleschi com 116 metros de altura. Outro nome ligado à catedral de Florença é Giotto, quem realizou o projeto da torre do sino, chamada de Torre di Giotto. Uma curiosidade sobre o Duomo de Florença é que a sua fachada foi feita em tempos muito mais recentes do que poderíamos imaginar, entre 1871 e 1887 por Emilio de Fabris, no estilo neo-gótico.
duomo-08
FICHA TÉCNICA
– Construção: 1296-1468
– Arquitetos: Arnolfo di Cambio, Giotto, Andrea Pisano, Francesco Talenti, Brunelleschi, Emilio de Fabris
– Estilo: Gótico
– Quarta maior do mundo: 153 metros de comprimento, 38 metros de fachada, 90 metros no transepto, 116,5 metros de altura
Ingresso: livre
Abertura: veja aqui
Para saber mais sobre o Duomo de Florença, leia “Curiosidades sobre o Duomo de Florença
Duomo di Siena
A Catedral de Santa Maria Assunta começou a ser construída por volta de 1220 sobre uma igreja precedente do século IX. Finalizada por volta de 1370, passou pelo estilo românico e depois gótico. Seu interior é ricamente decorado, revestido de mármore branco e verde escuro, estátuas e um dos pavimentos mais bonitos do mundo! São 56 requadros em mosaico de mármore com cenas bíblicas, tão precioso que parte do ano permanece protegido por um tapete. Também imperdível a Biblioteca Picolomini do Papa Pio II com afrescos de cores brilhantes feitos por Pinturrichio.
FICHA TÉCNICA
– Construção: 1220-1370
– Arquitetos: Giovani Pisano e Camaino di Crescentino
– Estilo: românico e gótico
– Medidas: 90 metros de comprimento, 50 metros de largura no transepto, 48 metros de altura.
Ingresso: 4-7 euros
Abertura: veja aqui
Para saber mais sobre o Duomo de Siena, leia “10 Curiosidades sobre o Duomo de Siena
Duomo di Pisa
A Catedral de Santa Maria Assunta foi construída em pouco tempo para os padrões da época, dentro do século XI por 3 diferentes artistas. O projeto inicial foi iniciado em 1063 pelo arquiteto Buschetto, que previa um edifício de cruz grega. No século seguinte o arquiteto Rainaldo ampliou um dos braços, transformando a Catedral em edifício de planta a cruz latina. Também é o responsável pelo desenho da fachada que foi realizada pelo escultor Guglielmo.
FICHA TÉCNICA
– Construção: 1063-1092
– Arquitetos: Buscheto, Rainaldo e Guglielmo
– Estilo: românico
– Medidas: 96 metros de comprimento, 72 metros de largura no transepto, 51,3 metros de altura
Ingresso: livre, com horário marcado
Abertura: veja aqui
Para saber mais sobre o Duomo de Pisa, leia “10 Curiosidades sobre o Duomo de Pisa”

Duomo di Lucca
A Catedral de San Martino foi construída à partir do século XI sobre uma antiga basílica do século VI fundado, segundo a tradição, por San Frediano. A fachada impressiona pela riqueza de detalhes com a qual foi esculpida cada uma das coluninhas com desenhos arabescos. Dentro, um templo protege uma relíquia de Cristo, o Volto Santo.
FICHA TÉCNICA
– Construção: séc. XI-XIII
– Arquitetos: Guidetto da Como entre outros
– Estilo: românico
– Medidas: 84 metros de comprimento, 43 metros de largura no transepto, 27,6 metros de altura
Ingresso: 4 euros
Abertura: veja aqui
Para saber mais sobre o Duomo de Lucca, leia “Mistérios do Duomo di Lucca
Duomo di Pistoia
A Catedral de San Zeno provavelmente foi construída durante o século X, mas sofreu diversas reformas ao longo dos séculos que alteraram a sua forma original em diversos aspectos. Um restauro do fim do século passado repristinou o máximo possível o estilo românico, recuperando o teto em madeira, as pequenas janelas e a fachada original. Externamente reconhecemos imediatamente o estilo românico toscano com a bicromia de mármore branco e verde.
fonte: www.medievalitaly.it
FICHA TÉCNICA
– Construção: Século X
– Arquitetos: anônimo
– Estilo: românico
– Medidas: ?
Ingresso: libero

Abertura: Todos os dias das 08:00 – 12:30 e 16:00 – 19:00

Duomo di Prato
A Catedral de Santo Stefano foi construída por um anônimo entre os séculos XII e XIV sobre uma antiga igreja do século V. O que logo chama a atenção no externo é o seu púlpito circular, projetado por Michelozzo e decorado por Donatello entre 1428-38 que servia para mostrar à população a relíquia da cintura da virgem Maria, ainda hoje conservada no interior da igreja. Internamente, a capela Maior foi afrescada por Filippo Lippi com histórias de Santo Stefano e São João Batista.
FICHA TÉCNICA
– Construção: Séc. XII-XIV
– Arquitetos: Lorenzo di Filippo, Guidetto da Como e Giovanni Pisano (?).
– Estilo: românico e gótico
– Medidas: ?
Ingresso: livre
Abertura: Veja aqui
Duomo di San Gimignano
A Catedral de Santa maria Assunta foi construída entre 1056 e 1148 em estilo românico, depois ampliada em 1460 por Giuliano da Maiano. Externamente é muito simples e austera, mas o que impressiona mesmo é o seu interior. Suas paredes são decoradas com afrescos do século XIV que contam a história do antigo e novo testamento. Este tema era comum nas catedrais góticas, mas poucos ciclos de afrescos como este chegaram até nós, pois a maioria delas passou por reformas, principalmente no período da contra-reforma.
fonte: www.duomodisangimignano.it
FICHA TÉCNICA
– Construção: 1056-1148
– Arquitetos: Anônimo
– Estilo: românico
– Medidas: ?
Ingresso: 4 Euros
Abertura: Veja aqui

Deixe seu comentário