Dicas Práticas para Viajar de Trem

Pra quem nunca pegou um trem na vida, a primeira vez pode parece ser um bicho de 7 cabeças. Aconteceu comigo mesma na minha primeira vinda à Europa. Meu primeiro bilhete comprado foi para um trem que ia de Milão à Como e que estava para sair em 5 minutos. Comprei e sai correndo. Pra onde eu não sabia, só sabia que tinha que correr e quando escutasse “o homem do trem” apitar significava que o trem estava saindo. Corri em direção a esse homem, com o bilhete na mão e meus pais que vinham atrás de mim e perguntei com meu italiano de iniciante: 

È questo il treno que devo prendere? (É este o trem que eu tenho que pegar?)
No signorina, il suo treno è quello lì! (Não senhorita, o seu trem é aquele alí!)
E toca a correr de novo em direção ao outro trem! No fim deu tudo certo, pegamos o trem correto e milagrosamente descemos na estação correta! O stress foi só inicial!


Meu objetivo com este post é justamente de evitar este estresse do primeiro trem de sua vida. Comigo deu tudo certo por sorte ou pela vantagem de falar italiano, mas podia ter sido um fim mais tragi-cômico. 😀
Comprando seu bilhete
Existem 3 modos diferentes para adquirir seu bilhete de trem: comprando on-line pelo site de Trenitalia, nas bilheterias dentro das estações e nos caixas automáticos também dentro das estações.
Vou ser sincera a respeito do site Trenitalia: é ótimo para ver datas, horários e itinerários, mas eu NUNCA consegui finalizar uma operação de compra! Sempre dá mensagem de erro no fim de tudo, então eu já há algum tempo desisti de tentar e compro diretamente na estação. Mas vai saber se é uma série de coincidências?! De repente com você dá certo!
Bilheteria: Você tem bastante tempo disponível para perder em uma longa fila cheia de estrangeiros que não falam italiano e não sabem como, onde e porque comprar um bilhete sei lá pra onde? Acho que não, né?! Então esqueça essa opção! Vamos à melhor delas…
Caixa Automático: serviço self-service disponível em várias línguas, entre elas o português! Sim, é um milagre, tem português! Escolha sua cidade de origem, sua cidade de destino, o horário de saída, tipo de tarifa (Base), preferência de acento, controle sua compra e pague com dinheiro ou cartão de crédito ou débito. O bilhete é impresso e feito! As máquinas que aceitam dinheiro não aceitam cartões e vice-versa. Veja o passo-a-passo de compra neste Link.
Caixa Automático: Biglietti Veloce
Dica: Quando for escolher a tarifa a ser cobrada, procure pela tarifa Mini que é promocional. Mas os bilhetes descontados são limitados, então a compra tem que ser feita com certa antecedência!

Atenção! Não se esqueça de convalidar seu bilhete carimbando-o em uma das maquininhas amarelas localizadas no início de cada plataforma. Se por algum motivo você esquecer ou não conseguir carimbar o bilhete, procure o controler do trem e avise-o. Assim você evitará multas.

Identificando sua Plataforma (“Binario“)
No lobby da estação estão instalados dois grandes painéis com os próximos trens em chegada (“Arrivi“) e saída (“Partenze“). Procure pelo seu trem através do número dele – por exemplo, AV9585 – e não pelo nome do seu destino, pois se sua cidade estiver no meio do trajeto do trem e não for seu destino final, o nome não aparecerá no painel.
Identificado seu trem, você encontrará o número da plataforma (“binario“) e informação de possíveis atrasos. Quando o trem estiver para sair, uma luz amarela começará a piscar ao lado do seu número de identificação.

No início de cada plataforma tem um painel com o número, nome do trem, hora de saída, e os nomes das cidades de parada intermediaria. Verifique novamente se você está no lugar certo, pois acontece – raramente, mas acontece – do trem mudar de plataforma na última hora. Se isso acontecer, também será anunciado nos auto-falantes em italiano e em inglês. A chegada e a saída dos trens também são anunciadas.

Encontrando seu vagão (“carrozza“) e assento (“posto“)
Estas informações se encontram no seu bilhete. O número do vagão está escrito nas portas de entrada, bem como o número da classe. Normalmente a primeira classe se encontra nos primeiros vagões do trem.
Dentro do vagão, se seu assento estiver ocupado, peça que a pessoa se levante e dê o lugar a você. Se você sentar em outro lugar que estiver livre, pode ser que na próxima parada do trem o dono do assento chegue e você terá que se levantar.
Onde coloco as malas?
Há um espaço na entrada de um dos lados do vagão que é destinado às malas maiores. As malas médias cabem no chão entre o espaço de duas poltronas de costas uma à outra. As malas pequenas podem ir nas prateleiras acima das poltronas.
Cuidado com a sua mala! Não digo que é perigoso, ou que você corra o risco de ser roubado. Mas talvez ela seja confundida com a de alguém que a pegue por engano. Então, fique de olho nas paradas intermediarias.
Destinos Regionais
Se você viaja para cidades pequenas dentro da região em que se encontra (treno Regionale), pode ser um pouco mais complicado encontrar o trem e a plataforma, pois como são bilhetes que não fazem reserva de horário nem assento, estas informações não constam impressas no seu bilhete. Para encontrar estas informações, o melhor é procurar pelo balcão de informação. Caso contrário procure por um cartaz com todos os nomes dos trens regionais e seus itinerários de parada, organizados por horário de partida. Procure pela sua cidade entre as cidades de parada intermediaria e assim você terá o nome do trem, número e o horário de partida. Com estas informações você encontrará no painel de trens em “partenze” o binário onde ele se encontra.

Tipos de Trem
– Freccia Rossa: Viaja a 360Km/h e liga as cidades Torino-Milão-Bologna-Firenze-Roma-Napoli-Salerno
– Freccia Argento: Viaja a 250Km/h, liga a cidade de Roma com Venezia, Verona, Bari/Lecce, Lamezia Terme/ReggioCalabria.
– Freccia Bianca: Viaja a 200Km/h, liga a cidade de Milão com Venezia, Udine e Trieste, faz também Genova-Roma, Riviera Adriatica-Bari/Lecce.
– Eurostar Itália: Liga a cidade de Roma às cidades de Ancona, Genova, Lamezia Terme, Reggio Calabria, Perugia, Ravenna, Rimini, Taranto.
– Intercity e Regionale: Trens de baixa velocidade que ligam pequenas, médias e grandes cidades.
– Treno Notte: trens que viajam à noite e possuem vagões com opção leito.
– Eurocity e Euronignt: Ligação com os países Suíça, Áustria, Alemanha, França, Espanha, Croácia, Eslovênia e Budapeste.

fonte: www.trenitalia.it

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

29 comentários

  1. tomei conhecimento neste instante desse blog.Fiquei encantada.Pois tudo que voce falou , e a pura verdade.Estive na Italia ha alguns meses,e mesmo falando o idioma, me vi apertada.Por pouco nao perco o trem para Firenze.Lendo esta pagina me senti na Italia..Vou procurar ler sempre

  2. Oi, Gisela! Bom, vamos lá às respostas!
    O tempo que o trem fica parado na estação depende se esta é uma estação final, como a de santa maria novella, ou de passagem, como Campo di Marte. Naquelas finais o tempo de parada é maior. Naquelas de passagem, é bom correr! Rs
    Sim, sempre fique de olho na sua mala nas estações intermediárias. As pessoas não costumam fazer isso, mas eu não confio…
    Espero que vc encontre lugar pra sua mala, se não, não tem mta opção!
    Nem todos os trens avisam as paradas. Uma dica é verificar no painel no início da plataforma quantas são as paradas do trem antes de chegar no seu destino. De qualquer forma, sempre tem o nome das estações escrita em cartazes, como no metrô!
    Bjos e boa viagem!!!

  3. AvatarAnônimocomentou

    Babi
    Pode me ajudar?
    Queria saber se posso entrar no vagão com calma ou se tenho que subir correndo? Não faço ideia de quanto tempo o trem fica parado na estação para os passageiros poderem subir.
    Minha mala terá que ficar no compartimento na entrada do vagão, você acha que em cada parada é melhor levantar e dar uma olhada nas malas?
    Caso o compartimento esteja cheio, onde coloco minha mala, que no caso é grande?
    Como sei que cheguei na cidade? Eles anunciam pelo microfone ou tem placas na estação que consigo ver de dentro do trem?
    Obrigada desde já.. adorei seu posto, o único que achei explicando tudo!
    Bjs
    Gisela

  4. Oi, Anônima!
    Que bom que o blog tem sido útil para a sua viagem! 🙂 Se você comprar as passagens com antecedência no site da Trenitalia, vai conseguir desconto. Mas caso as datas ainda não estejam fechadas e queira comprar na hora, não costuma ter problema de disponibilidade… Dentro da Toscana, o melhor meio de locomoção é carro. Dá para usar trem para ir até Arezzo, Pisa e Lucca. Para ir á Siena tem trem , mas a estação é longe do centro, não é muito prático… De qualquer forma, é uma boa ideia ter Firenze como base para conhecer as cidades ao redor, pois tudo é muito pertinho.
    Abraços e boa viagem!

  5. AvatarAnônimocomentou

    Seu blog tem sido o meu guia nos últimos meses. Vou prá Itália em junho, chego dia 09/06 e fico até 24/06.Vou realizar o meu sonho.Estou tratando tudo sózinha, sem agência.Já comprei passagens, seguro viagem e fiz as reservas nos hostels que vou ficar.Estou tensa com os trens e as dificuldades da língua.Vou me a ter a Roma, Florença e vários bate voltas ao redor de Florença e os últimos 4 dias em Cinque Terre.Quanto aos trens acha necessário comprar já as passagens: Roma-Florença,Florença-Arezzo, Pisa,Siena etc…Vou fazer de Florença a cidade base para os seus arredores na Toscana.

  6. AvatarAnônimocomentou

    O único problema de comprar nós caixas eletrônicos foi o que aconteceu comigo: o bilhete agarrou, eu estava em outra cidade, a estacao estava fechada, não podia voltar nela no dia seguinte e, mesmo vendo que eu tinha feito a compra, em Milão não quiseram me dar outro. E era justamente um de 50 euros, porque não achamos de valor menor.

  7. AvatarAnônimocomentou

    Olá! Gostaria de saber se de Firenze até Veneza de trem e complicado para passarmos um dia ou de moto ! Poderíamos alugar uma para passeios! O clima em outubro início como seria?

  8. Oi, Anônimo! Olha, posso estar enganada, mas só existe uma estação de trem em Perugia. Mas mesmo que tenha mais de uma, a cidade não é tão grande assim. Melhor vc ir para àquela central pois dali sai o bonde/funicular que te leva pra cidade alta, a parte interessante de se visitar! Veja a localização no mapa: https://www.google.it/maps/place/Perugia/@43.1090579,12.3811331,15z/data=!4m7!1m4!3m3!1s0x132ea093e29cda39:0x5ffc8a46ef64a216!2sStazione+Perugia+Fontivegge,+Piazza+Vittorio+Veneto,+06124+Perugia!3b1!3m1!1s0x0:0x753255ef33feb628
    Boa viagem!

  9. Olá!encontrei este seu blog,casualmente…e estou encantada com as informações,bem objetivas! Em setembro,estaremos pela Itália e queremos ir de Bologna para Perugia (onde passaremos 2 dias) e desta para Roma: "descobri" que ,dependendo da estação (Perugia;Perugia Capitini ou Perugia Ponte S.Giovanni),existem diferentes opções de horários de trens ! A minha dúvida :onde consigo ver a localização de cada uma delas,para -a partir daí,pela conveniência de horários- escolher um hotel que seja na sua proximidade?? Aguardo e agradeço,desde já,a sua ajuda,ok?