Dicas Práticas para Viajar de Trem

Pra quem nunca pegou um trem na vida, a primeira vez pode parece ser um bicho de 7 cabeças. Aconteceu comigo mesma na minha primeira vinda à Europa. Meu primeiro bilhete comprado foi para um trem que ia de Milão à Como e que estava para sair em 5 minutos. Comprei e sai correndo. Pra onde eu não sabia, só sabia que tinha que correr e quando escutasse “o homem do trem” apitar significava que o trem estava saindo. Corri em direção a esse homem, com o bilhete na mão e meus pais que vinham atrás de mim e perguntei com meu italiano de iniciante: 

È questo il treno que devo prendere? (É este o trem que eu tenho que pegar?)
No signorina, il suo treno è quello lì! (Não senhorita, o seu trem é aquele alí!)
E toca a correr de novo em direção ao outro trem! No fim deu tudo certo, pegamos o trem correto e milagrosamente descemos na estação correta! O stress foi só inicial!


Meu objetivo com este post é justamente de evitar este estresse do primeiro trem de sua vida. Comigo deu tudo certo por sorte ou pela vantagem de falar italiano, mas podia ter sido um fim mais tragi-cômico. 😀
Comprando seu bilhete
Existem 3 modos diferentes para adquirir seu bilhete de trem: comprando on-line pelo site de Trenitalia, nas bilheterias dentro das estações e nos caixas automáticos também dentro das estações.
Vou ser sincera a respeito do site Trenitalia: é ótimo para ver datas, horários e itinerários, mas eu NUNCA consegui finalizar uma operação de compra! Sempre dá mensagem de erro no fim de tudo, então eu já há algum tempo desisti de tentar e compro diretamente na estação. Mas vai saber se é uma série de coincidências?! De repente com você dá certo!
Bilheteria: Você tem bastante tempo disponível para perder em uma longa fila cheia de estrangeiros que não falam italiano e não sabem como, onde e porque comprar um bilhete sei lá pra onde? Acho que não, né?! Então esqueça essa opção! Vamos à melhor delas…
Caixa Automático: serviço self-service disponível em várias línguas, entre elas o português! Sim, é um milagre, tem português! Escolha sua cidade de origem, sua cidade de destino, o horário de saída, tipo de tarifa (Base), preferência de acento, controle sua compra e pague com dinheiro ou cartão de crédito ou débito. O bilhete é impresso e feito! As máquinas que aceitam dinheiro não aceitam cartões e vice-versa. Veja o passo-a-passo de compra neste Link.
Caixa Automático: Biglietti Veloce
Dica: Quando for escolher a tarifa a ser cobrada, procure pela tarifa Mini que é promocional. Mas os bilhetes descontados são limitados, então a compra tem que ser feita com certa antecedência!

Atenção! Não se esqueça de convalidar seu bilhete carimbando-o em uma das maquininhas amarelas localizadas no início de cada plataforma. Se por algum motivo você esquecer ou não conseguir carimbar o bilhete, procure o controler do trem e avise-o. Assim você evitará multas.

Identificando sua Plataforma (“Binario“)
No lobby da estação estão instalados dois grandes painéis com os próximos trens em chegada (“Arrivi“) e saída (“Partenze“). Procure pelo seu trem através do número dele – por exemplo, AV9585 – e não pelo nome do seu destino, pois se sua cidade estiver no meio do trajeto do trem e não for seu destino final, o nome não aparecerá no painel.
Identificado seu trem, você encontrará o número da plataforma (“binario“) e informação de possíveis atrasos. Quando o trem estiver para sair, uma luz amarela começará a piscar ao lado do seu número de identificação.

No início de cada plataforma tem um painel com o número, nome do trem, hora de saída, e os nomes das cidades de parada intermediaria. Verifique novamente se você está no lugar certo, pois acontece – raramente, mas acontece – do trem mudar de plataforma na última hora. Se isso acontecer, também será anunciado nos auto-falantes em italiano e em inglês. A chegada e a saída dos trens também são anunciadas.

Encontrando seu vagão (“carrozza“) e assento (“posto“)
Estas informações se encontram no seu bilhete. O número do vagão está escrito nas portas de entrada, bem como o número da classe. Normalmente a primeira classe se encontra nos primeiros vagões do trem.
Dentro do vagão, se seu assento estiver ocupado, peça que a pessoa se levante e dê o lugar a você. Se você sentar em outro lugar que estiver livre, pode ser que na próxima parada do trem o dono do assento chegue e você terá que se levantar.
Onde coloco as malas?
Há um espaço na entrada de um dos lados do vagão que é destinado às malas maiores. As malas médias cabem no chão entre o espaço de duas poltronas de costas uma à outra. As malas pequenas podem ir nas prateleiras acima das poltronas.
Cuidado com a sua mala! Não digo que é perigoso, ou que você corra o risco de ser roubado. Mas talvez ela seja confundida com a de alguém que a pegue por engano. Então, fique de olho nas paradas intermediarias.
Destinos Regionais
Se você viaja para cidades pequenas dentro da região em que se encontra (treno Regionale), pode ser um pouco mais complicado encontrar o trem e a plataforma, pois como são bilhetes que não fazem reserva de horário nem assento, estas informações não constam impressas no seu bilhete. Para encontrar estas informações, o melhor é procurar pelo balcão de informação. Caso contrário procure por um cartaz com todos os nomes dos trens regionais e seus itinerários de parada, organizados por horário de partida. Procure pela sua cidade entre as cidades de parada intermediaria e assim você terá o nome do trem, número e o horário de partida. Com estas informações você encontrará no painel de trens em “partenze” o binário onde ele se encontra.

Tipos de Trem
– Freccia Rossa: Viaja a 360Km/h e liga as cidades Torino-Milão-Bologna-Firenze-Roma-Napoli-Salerno
– Freccia Argento: Viaja a 250Km/h, liga a cidade de Roma com Venezia, Verona, Bari/Lecce, Lamezia Terme/ReggioCalabria.
– Freccia Bianca: Viaja a 200Km/h, liga a cidade de Milão com Venezia, Udine e Trieste, faz também Genova-Roma, Riviera Adriatica-Bari/Lecce.
– Eurostar Itália: Liga a cidade de Roma às cidades de Ancona, Genova, Lamezia Terme, Reggio Calabria, Perugia, Ravenna, Rimini, Taranto.
– Intercity e Regionale: Trens de baixa velocidade que ligam pequenas, médias e grandes cidades.
– Treno Notte: trens que viajam à noite e possuem vagões com opção leito.
– Eurocity e Euronignt: Ligação com os países Suíça, Áustria, Alemanha, França, Espanha, Croácia, Eslovênia e Budapeste.

fonte: www.trenitalia.it

Deixe seu comentário

29 comentários

  1. Babi, seguindo suas dicas, fomos a Siena de trem partindo de Firenze onde estamos hospedados. Foi tranquilo. Compramos na máquina de auto serviço, em dinheiro. 16 euros ida e volta. Só não conseguimos ir a San gimigniano por causa do tempo. E as passagens são "abertas" você pode escolher o horário dentro de um período. Neste caso resolvemos antecipar a volta em vez do horário que havíamos escolhido para retorno na hora da compra. Ótimo! Obrigada pelas dicas foram ótimas!

  2. Nelmacomentou

    Oi Babi, estou indo a Firenze dia 22abril. De la vou a Siena (pensando em ir de onibus). Mas de Siena/Firenze /Bologna dia 1 de maio. Como cai em feriado sera q tudo funciona normalmente? E de Firenze a Bologna indicas onibus ou trem ?

  3. Oi, Nelma! Dia 1 de maio é melhor não programar muitos movimentos, pois esse é um feriado que os italianos levam a sério. Muitas lojas fecham. Se for viagem de trem, tranquilo! Se for viagem de ônibus, eu não sei dizer com certeza pois usei pouquíssimas vezes! Para ir de Firenze à Bologna de trem é muito prático!

  4. Oi, Regina! Que bom que as dicas foram úteis pra vocês! Realmente esses trens regionais tem horário aberto, por isso é muito importante carimbar para validar o bilhete e não ter perigo de multa! Obrigada por deixar o comentário! 🙂 Bjos!

  5. Oi, Policastro! Que delícia ler comentários como o seu! 😀 Muito feliz em saber que consigo transportar o leitor pra Itália! Abraços e obrigada por deixar seu comentário! 🙂

  6. Obrigada Babi, acho que vou deixar para comprar a passagem de trem Firenze /Bologna na hora porque vou depender de onibus de Siena/ Firenze…meu hotel fica pertinho da saida dos onibus e em Siena a estação de trem fica afastada. Estou com medo dos onibus estarem parados ou do trem para Bologna estar lotado… estou com aptos alugados e pagos, nem me dei conta do feriado, affff vou pesquisar mais ! Valeu!

  7. Olá Babi, irei para Itália em setembro e queria comprar meus bilhetes de trem com antecedência. Já tentei fazer compra mas ainda não está disponível. Sabe me dizer com que antecedência conseguirei comprar?
    Desde já, agradeço.

    Um abraço,

    Sandra

  8. Anônimocomentou

    BABI VOU DE ROMA Á FLORENÇA DE TREM E DEPOIS NO DIA SEGUINTE DE FLORENÇA Á VENEZA. VC ACHA PERIGOSO EU VIAJAR Á NOITE? OS TAXIS PARA IR PARA HOTEL É PERIGOSO? SE EU COMPRAR PELO SITE TEM QUE CARIMBAR, CONFORME VC Falou no site? OBRIGADA MARCIA

    1. gabrielacomentou

      não é perigoso viajar a noite de trem! Só fica atento ao chegar em veneza muito tarde, pois a noite fica mais dificil encontrar endereços de hoteis para quem não conhece a cidade, por causa das ruelas mais escuras e muito parecidas… Nãos acho que se perder em veneza a noite seja tao divertido quanto se perder em Veneza de dia kkkkkkk Os bares e restaurantes ficam abertos até as 23h, então depois desse horário, as ruas ficam mais esquisitas (mas não acho perigoso, somente esquisito mesmo). Se for pegar vaporetto pra chegar ao seu hotel, saiba que eles só funcionam (geralmente) até as 00h30.