Visita à Biondi Santi em Montalcino

A Biondi Santi foi a primeira a produzir o famoso Brunello di Montalcino, e até hoje é considerada uma das vinícolas mais tradicionais da Itália. Ela não mudou o seu jeito de fazer o vinho desde o fim do século 19!  Por isso, se você é um grande amante de bons vinhos, não pode deixar de visitar a vinícola Biondi Santi que fica a menos de 10 minutos da cidade de Montalcino!

Entrada da Tenuta il Greppo da Biondi Santi
Entrada da Tenuta il Greppo da Biondi Santi

O Brunello di Montalcino é um dos vinhos tintos mais importantes da Itália, devido à sua grande longevidade. Foi o primeiro vinho italiano a ganhar o selo DOCG em 1980 e a ser comparado com a qualidade da produção francesa. Ele é feito com 100% de uva Sangiovese Grosso produzido dentro do território de Montalcino, ao Sul de Siena, numa área de 2.100 hectares. Hoje são 250 produtores, mas o pai deste precioso vinho que conquistou a crítica internacional foi Ferruccio Biondi Santi, em 1888.

Biondi-Santi-02

Clemente Santi foi o primeiro a inovar e produzir um vinho 100% Sangiovese na região de Montalcino. Em 1869 ganhou um premio pelo seu “vinho tinto escolhido” de 1865. Mas o verdadeiro pai do Brunello é o neto de Clemente, Ferruccio Biondi Santi. Em meados do século 19 uma praga devastou a produção vinícola da Itália e para controlar esta epidemia, Ferruccio criou um clone de Sangiovese, chamada Sangiovese Grosso, capaz de resistir à praga. Foi ele quem produziu o primeiro Brunello di Montalcino, em 1888.

Biondi-Santi-05

A propriedade da Família Biondi Santi possui 47 hectares, dos quais somente 25 em produção vinícola. Dentre elas, 5 hectares são plantadas com vinhas de 1930-1972!!! Outras parcelas possuem vinhas da década de 80, e as mais recentes de 2000 à 2006. Eles produzem 4 etiquetas de vinhos tintos feitos exclusivamente com uva Sangiovese Grosso. A diferença é:

Alguns tonéis são do início do século 20!!!
Alguns tonéis são do início do século 20!!!
  • Brunello di Montalcino Reserva – produzido com uvas provindas de vinhas com ao menos 25 anos, afinado 36 meses em toneis de carvalho eslavo e ao menos 6 meses em garrafa. Produzido somente em safras excepcionais. Pode ser envelhecido até 70-80 anos.
  • Brunello di Montalcino Annata – produzido com uvas provindas de vinhas de 10 à 25 anos, afinado por 36 meses em tonéis de carvalho eslavo e ao menos 4 meses em garrafa. Pode ser envelhecido até 30-40 anos.
  • Rosso di Montalcino – produzido com uvas mais jovens, de 5 à 10 anos, afinado 12 meses em tonéis de carvalho eslavo e ao menos 4 meses em garrafa. Pode ser envelhecido até 15-20 anos.
  • Rosso di Montalcino fascia rossa – Produzido somente nos anos que a safra não é de qualidade suficiente para produzir o Brunello. Afinado 12 meses em tonéis de carvalho eslavo e ao menos 4 meses em garrafa. Pode ser envelhecido até 10-15 anos. 

    As 4 etiquetas Biondi-Santi
    As 4 etiquetas Biondi-Santi

Visita e Degustação em Cantina

Provavelmente assim como você, quando visitei a vinícola eu já conhecia a fama do Brunello da Biondi Santi, e ao ver a sua filosofia de produção, entendemos por que para comprar uma garrafa de Biondi Santi precisamos de algumas centenas de euros… A vinícola Biondi Santi está aberta para visita e degustação de segunda à sexta em 4 modalidades de visita:

  • Visita em cantina (30 min): grátis.
  • Visita e degustação de 2 vinhos (45 min): 15€/pessoa. A degustação inclui um Rosso di Montalcino e um Brunello Annata.
  • Visita e degustação d 3 vinhos (60 min): 50€/pessoa. A degustação inclui um Rosso di Montalcino, um Brunello Annata e um Brunello Reserva.
  • Visita e Degustação Vertical (2 horas): 50€/pessoa + garrafas de reserva escolhidas pelo cliente. A degustação inclui um Rosso di Montalcino, um Brunello Annata, um Brunello Reserva e as garrafas de Reserva escolhidas pelo ciente.

A reserva é obrigatória por email visite@biondisanti.it. Para mais detalhes, visite a página da Biondi Santi.

Deixe seu comentário

7 comentários

  1. Verifica por favor no seu post, pois fiquei em dúvida: as duas degustações melhores estão com preços iguais, 50 euros. É isso mesmo ou a última é 150 euros?

    1. É isso mesmo, Monica! A terceira opção de degustação custa 50 euros, enquanto que a quarta parte de 50 euros, pois você tem que considerar as garrafas de reserva que vai pedir para abrir, e elas custam mais de 100 euros cada.

      1. Obrigada Babi!

  2. Bobycomentou

    Babi, foi uma delicia ver onde o vinho que esta na minha adega me aguardando veio. Será em uma ocasião especial a sua apertura.
    bjo

    1. Uau!!! Esse tem que ser aberto em ocasião especial, sim!!! Aliás, mantenha-o em condições ideais, per l’amor di Dio!!! 😀 😀 Baci, baci

      1. Bobycomentou

        ah sim, esta na adega climatizada com os outros especiais. 😉

  3. Maria José jordemcomentou

    Olá boa noite.
    Gostaria de informações, estou para floresça e toscana em 17 a 23 de abril de 2017.