Panzanella – salada à moda camponesa

A primeira vez que experimentei a Panzanella foi gula à primeira vista! Adoro salada, adoro tomate, adoro pepino…não repeti só uma vez meu pratinho de salada! Eu tinha acabado de chegar na Itália, era verão,  e fui convidada à um jantar no jardim da casa de um arquiteto. Que casarão lindo, estava impressionada! Não fazia a menor idéia do que fosse aquele prato com nome estranho que me ofereceram….panzanella….mas temos que experimentar de tudo quando estamos viajando, certo?! Bom, pra dizer a verdade este prato não tem nada de exótico, aliás é muitíssimo simples e com ingredientes bem básicos! A sua origem é contadina, ou seja, de gente do campo que uma época eram muito pobres e consequentemente tinham uma culinária pobre, a base de pão sobretudo.
Resolvi ensinar como se faz esta salada, pois além de ser deliciosa e muito simples de fazer é um modo de aproveitar aquele pão italiano amanhecido que está pra ir pro lixo (o que, vamos combinar, e um pecado e completamente errado). Vamos lá!

Tenho certeza que todos os ingredientes você encontrará na sua cozinha: tomate, pepino, cebola roxa, folhas de manjericão, pão italiano amanhecido, azeite, vinagre de vinho branco, sal e pimenta. Não te direi as quantidades corretas, pois não tem! Fica tudo a seu gosto!
1 – Corte grosseiramente o pão em pedaços e o amoleça com água fria e algumas colheres de vinagre. Em seguida esfarele-o com os dedos.
2 – Corte o tomate em cubos, o pepino em fatias finas e a cebola em fatias finas.
3 – Misture tudo em um recipiente e tempere com azeite, sal, pimenta e as folhas de manjericão rasgadas com as próprias mãos.
Deixe na geladeira por ao menos uma hora antes de servir.
Nos restaurantes da Toscana não é difícil encontrar no menú a Panzanella, mas só no verão e primavera! No inverno não se encontra…
Uma variação: a sugestão de uma senhora que encontrei uma vez no mercado foi de substituir o pão por cuzcuz. Não é a receita original, lógico, mas também fica uma delícia! Eu experimentei e aprovei!
Buon appetito!

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários

  1. Panzanella deve ter influeniado toda a Europa Latina, aqui em Portugal há um prato semelhante que eu vou deixar aqui uma receita que também é de verão com quase todos os mesmos ingredientes:

    Gaspacho à Alentejana (também há Gaspacho Espanhol)

    1. Tire a pele aos dentes de alho e pise-os num almofariz juntamente com o sal e a polpa de um tomate até obter uma pasta líquida.
    2. Deite a pasta na tigela onde vai servir o gaspacho, regue com 1 colher de azeite, com o vinagre e polvilhe com orégãos.
    3. Lave o pimento e tire-lhe as sementes e a película branca. Corte-o em cubos pequenos.
    4. Lave o pepino, corte-o também em cubos e deite na mesma tigela. Acrescente a água bem fria (ou gelada).
    5. Corte o pão em fatias finas, esfarelando algum no gaspacho e polvilhe com coentros frescos e um pouco de pimenta. Sirva com o restante pão e as azeitonas.
    Aparecida Felice Lopes aparecida_tadeu

  2. Oi, Carlos Otavio! Voce também é arquiteto? Nao é facil encontrar arquitetura contemporanea na Italia, sao realmente poucos exemplos. Em Firenze, tem o Palacio do Tribunal, mas nada de expetacular, aliàs eu o considero…."estranho". Em Greve in Chianti tem uma construçao que eu gosto muito, mas sinceramente nao sei o que abriga. Mas é facil de achar. Fazendo a Strada in Chianti voce passa obrigatoriamente na frente dele. Muito interessante! Abraço!

  3. Avatarcarlos otaviocomentou

    Arquiteto tem sempre um olhar diferenciado sobre tudo. Sendo também adoro todos os seus posts. E estou certo que amarei todas as suas dicas. Alguma de arquitetura contemporanea?