Calcio Storico – O Futebol Fiorentino (Antes)

Neste último fim de semana iniciaram-se os jogos do Calcio Storico (lê-se caltio storico), também conhecido por Calcio in Livrea ou in Costume pelo modo como os jogadores se vestem com uma estranha calça colorida. Eu nunca assisti à uma partida, mas no próximo fim de semana irei assistir à final do torneio de 2011! Por ora, explico algumas coisas que andei lendo sobre o jogo e no próximo post conto como foi estar presente à partida! Aguardem…

O torneio possui apenas 3 partidas entre os únicos 4 times. As “Squadras” (times) são conhecidas por Azzurri (Azuis)- do bairro Santa Croce -, Bianchi (Brancos)- do bairro Santo Spirito -, Rossi (Vermelhos)- bairro de Santa Maria Novella – e Verdi (Verdes)- de San Giovanni. O sorteio que formam as duplas que se enfrentarão no primeiro fim de semana de jogos são extraídas no dia de Páscoa. As vencedoras destas duas primeiras partidas se enfrentarão na final a ser realizada no dia de San Giovanni (24 de Junho), santo patrono da cidade de Firenze, e eu espero estar lá!

Este é um evento sobretudo direcionado aos turistas, mas os mais fervorosos fiorentinos assistem, vibram e torcem pela sua “squadra“. É um esporte muito antigo, dizem que no império romano já existia, e era muito popular. Jogava-se nas praças da cidade e numa época inclusive os nobres da família Medici participavam!
O jogo é uma espécie de mistura de rugby com luta livre. Se você resolver assistir à uma partida do Calcio Storico, aí vão as regras gerais deste “esporte” para que você não fique boiando na arquibancada. A partida dura 50 minutos, joga-se num campo de areia que possui apenas a linha de marcação do centro de campo, dividindo os 27 jogadores de cada time. Dentre estes 27 jogadores, 4 são “goleiros”, 15 são atacantes e há um capitão responsável em acalmar os ânimos dos jogadores caso necessário. O objetivo é fazer com que a bola chegue à rede do fundo do campo adversário, marcando uma “caccia” (gol). A bola pode ser simplesmente lançada, mas se por acaso for para fora do gol o time adversário ganha meia “caccia“. Por isso é possível que o placar mostre 5,5 X 8,5 por exemplo.

Para um jogo que não parece ter muitas regras, até que são muitos juízes: ao todo 9! Um juiz principal auxiliado por 6 juízes de linha, um árbitro fora do campo e outro que assiste a partida do alto. Quem vence o torneio ganha um prêmio muito particular, não um troféu, mas um vitelo da raça Chianina. Um prêmio sem dúvida apropriado para a época em que o jogo era popular, mas para hoje em dia…estranho, no mínimo…

Estou empolgada em ver o próximo jogo de sexta feira! Aguardem fotos e possíveis filmes que posterei na nossa página Facebook!
Crédito Fotos: Wikipedia

Deixe seu comentário