Villa Petraia – A Magnífica Casa de Campo dos Medicis

Este é um passeio legal que foge do roteiro tradicional de visitas em Firenze. A Villa la Petraia fica na zona norte da cidade, próximo ao Aeroporto, em uma área verde de colina. Recentemente ela foi nomeada patrimônio Cultural da Unesco, junto de outras villas que pertenceram à Família Medici. Por aqui passou Napoleão e Vittorio Emanuelle II. E a melhor parte: a entrada é gratuita!!! Vamos conhecer a Villa la Petraia juntos? 🙂

Antes de ser adquirida por Cosimo I de’ Medici, por volta de 1544, esta villa pertenceu à outras duas famílias fiorentinas importantes: Brunelleschi e Strozzi. Ela era muito diferente do aspecto atual, pois foi originalmente construída no século XIV, em plena época medieval, logo era mais parecida com um fortaleza do que com uma casa.
Quem decidiu reformar a villa foi o filho de Cosimo, Ferdinando I, que chamou o arquiteto do momento, Bernardo Buontalenti, que transformou a fortaleza medieval em uma mansão senhoril. O único elemento original que permanece é a torre.
O jardim é uma beleza à parte! Eu sou apaixonada por estes desenhos geométricos e racionais típicos do jardim renascentista! A Villa é posicionada no degrau mais alto dos 3 realizados pelo Buontalenti, para privilegiá-la com uma linda vista! As árvores com limoeiros chegaram depois, bem como esta fonte ao centro de 1800 que servia para recolher a água das chuvas e irrigar as plantas! Já eram ecológicos naquele tempo!!!
Ao lado direito da Villa tem o jardim conhecido por “piano della figurina” (andar da figurinha). A “figurinha” é o modo carinhoso como chamam a Venere Fiorenza em bronze do Giambologna. Uma estátua sobre a fonte que num gesto estremo de graciosidade e delicadeza torce os cabelos úmidos das águas do Arno.
Fiquei boquiaberta quando entrei! Um deslumbrante pátio interno, decorado nos 4 lados com afrescos, com um imponente lustre dourado ao centro pendente da cobertura em ferro e vidro. Maravilhoso!
Os afrescos das paredes Norte e Sul são de Cosimo Daddi (1591-94) e mostram cenas da vida de Gofreddo Buglione, um membro da Família Lorena que participou das Cruzadas e conquistou Jerusalém em 1099. Quem encomendou os afrescos foi a esposa do Ferdinando I que era uma Lorena. Já os afrescos das paredes Leste e Oeste (sobre os arcos) são do Volterrano (1636-48) e mostra cenas importantes dos membros da Família Medici.
Originalmente, no projeto de Buontalenti, o pátio interno era aberto, mas quando Vittorio Emanuele II ocupou a Villa (a partir de 1865), resolveu cobri-lo com esta estrutura em ferro e vidro para transformar o espaço em sala de baile para o casamento do seu filho.
Vittorio Emanuele II usava a villa como residência de caça. Todas as cabeças de animais que “decoram” o salão (não gosto de pensar como um objeto de decoração…) pertencem à esta época.
Sala de Jantar
Naquela época as tapeçarias das paredes tinham uma dupla função: decorar e ao mesmo tempo ajudar a manter a temperatura do ambiente.
A visita continua pelo primeiro andar com os aposentos reais. Os móveis são todos da época de Vittorio Emanuele II, em estilo imperial.
Salão de Jogos
Nesta Villa encontra-se uma importante coleção: 14 desenhos de Utens que representa com precisão cartográfica, em vista aérea, como eram as “ville medicee”  na época dos Medicis. Foram realizados entre 1599 e 1602 originalmente para outra Villa Medicea de Artimino, próximo à Prato.
Escultura de Hércules e Anteo em bronze do Ammannati 
e ao fundo o desenho de Utens da Villa la Petraia em 1599.
Dica: Muito próximo à Villa la Petraia tem outra Villa Medicea de Castello, também com entrada gratuita. Ela é sede da Accademia della Crusca, a primeira acadêmia de letras criada em 1583.
Endereço: Villa della Petraia 40
Como chegar: Linha 2 de ônibus, descer na parada “Sestese 03“. A subida a pé até a Villa leva uns 15-20 minutos. Eu encarei porquê na primeira vez não tinha ideia, então, aconselho pegar um taxi até lá (055 4242)
Dias Fechamento: 2° e 3° segunda-feira do mês.
Horário de abertura: à partir das 8:15 e fechamento varia de acordo com os meses do ano. Consulte o site abaixo.
Visita: Somente guiada de hora em hora à partir das 8:30. Necessária reserva somente em caso de grupos grandes.
Quanto custa: grátis
Telefone para informação: +39 055 452691

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. ilmacomentou

    Que lugar maravilhoso! Ótima postagem. Merece uma visita com certeza.

  2. Olá, querida, Ilma! Que bom que gostou do artigo! Obrigada pela visita e recadinho! 😉 Baci!

  3. Eliscomentou

    Adorei a dica irei para Florença dia 11.10 e pretendo conhecer
    Grata