Guia Rápido de Florença

Achar todas as informações no blog pode ser complicado, afinal são mais de 200 artigos escritos! Resolvi reunir aqui todas as informações sobre Firenze. Para saber mais sobre cada item, basta entrar nos links direcionados às matérias que explicam melhor o assunto. Com o tempo vou acrescentar mais informações! Espero seja útil para vocês! 🙂


Como Chegar
Santa Maria Novella – é a estação central de trem, onde chega a maioria dos trens de alta velocidade provenientes de grandes cidades.
Rifredi e Campo de Marte – ficam afastadas do centro e geralmente são usadas por trens e linhas secundárias, baixa velocidade, como os trens regionais (que viajam dentro da Toscana).
Como se locomover
De modo geral, é possível visitar Firenze à pé, pois as distâncias são curtas e a geografia é plana.
Ônibus – você terá necessidade de ônibus ou taxi somente para ir até o Piazzale Michelangelo (linha 13 e 12), para ir até Fiesole (Linha 7) ou visitar as Villas dos Medicis de Petraia e Castello (linha 2).
Leitura Recomendada: 1, 2, 3… Ônibus
Taxi – São duas companhias. Para chamar ou reservar, ligue para +39 055 4242 ou +39 055 4390
Carro – Ideal para conhecer as cidades da Toscana, ao redor de Firenze, pois não são todas as cidades que possuem estações de trem, ou quando tem, não ficam próximos ao centro. Com o carro você pode visitar as pequenas cidades, parar ou desviar o caminho quando quiser.

Fiat 500 – parece de brinquedo! 🙂

Principais atrações da cidade

Museus: Galleria degli Uffizi, Galleria dell’Accademia, Museo Nazionale del Bargello.
Igrejas: Duomo, Santa Maria Novella, Santa Croce, Santo Spirito, San Lorenzo, Santissima Annunziata, Orsanmichele, San Miniato al Monte
Palácios: Palazzo Pitti, Palazzo Vecchio, Palazzo Medici Riccardi, Palazzo Davanzzati, Palazzo Strozzi.
Jardins: Giardino di Boboli, Giardino Bardini, Giardino delle Rose, Giardino dell’Orticultura, Orto Botanico
Pela Cidade: Ponte Vecchio, Loggia dei Lanzi, Mercato del Porcellino, Mercado Central, Piazza della Repubblica, 
Vista Panorâmica: Piazzale Michelangelo e Fiesole.

Palazzo Vecchio e Perseus de Benvenuto Cellini

Bom saber: A maioria dos museus fecham de segunda-feira. Comprando a FirenzeCard por 72 euros te permite visitar museus e monumentos por 72 horas sem filas. 

Onde comer
Lista de locais que frequento:
Mercado Central de San Lorenzo – além das bancas de frutas e verduras do primeiro andar, recentemente foi aberto o mezanino com diversas opções para almoço e jantar.
Tamerò – Santo Spirito – Restaurante moderno, menu criativo, aberto para almoço e jantar.
Teatro del Sale – Santo Ambrogio – preço fixo para almoço e jantar típico toscano incluso água e vinho, tudo à vontade e à noite um espetáculo de música ou teatro.
Il Borro Bistro – Ponte Santa Trinita – cozinha refinada, ótimo para um almoço rápido ou para curtir um aperitivo no fim de tarde
Amblé – Ponte Vecchio – local alternativo, lanchonete com sanduíches e sucos naturais, ao mesmo tempo loja de móveis vintage.
Pizzarias – O’ Munacielo, Caffè Italiano, Finisterrae
Sorveterias – Vivoli, Groom, Rivareno, Carapina, Cantina del Gelato

Tagliollini con trufa

Bom saber: restaurantes, bares e cafeterias podem cobrar o “coperto” (couver) para serviço à mesa., uma taxa fixa e individual por pessoa  A gorjeta não está inclusa na conta e não é obrigatória.
Leitura recomendada: Bares e Restaurantes, como funcionam?

Onde Dormir
Opões em Firenze não faltam, tem para todos os bolsos e tipos de viajantes. Eu evitaria a zona ao redor da estação central de trem pelo barulho e má frequência, o único lugar que definiria como “perigoso” da cidade.
Uma boa opção é alugar um apartamento direcionado ao turista. A vantagem é ter a comodidade de uma casa e poder experimentar a vida fiorentina mais de perto! Eu aconselho Poggio Imperiale Apartments.


Compras
Lojas de luxo – Via Tornabuoni, lojas de grife como Chanel, Furla, Ermenegildo Zegna, Salvatore Ferragamo, Versace, Gucci…
Lojas de Marca – Via Calzaiuoli com roupa, íntimo, acessórios, jóias, esportivo, cosméticos…
Magazinos – Coin (Via Calzaiuoli) e Rinascente (Piazza della Repubblica)
Outlets – Barberino Outlet fica a 30 minutos de Firenze, serviço traslado custa 15 euros e The Mall, um outlet grifes de luxo, fica à 30 minutos de Firenze, serviço traslado custa 5 euros.
Empórios – Eataly (Via Martelli) e Alessi (Via delle Oche)
Mercados – em San Lorenzo, ao redor do Mercado Central, com bancas de souvenirs, lenços, chapéus, artigos em couro. Dentro do Parque Le Cascine tem uma feira onde se encontra de tudo à um bom preço.

La Rinascente – Piazza della Repubblica, Firenze

Para saber sobre eventos, mostras, feiras e outras notícias sobre Firenze, siga a página Facebook do Viva Toscana! Para acompanhar, é só clicar em “curtir”! 😉

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

27 comentários

  1. Avatarlaertescomentou

    Boa noite Babi! Parabéns pelo blog…

    Vi que não indica a região da estação central, isso inclui o Hotel Mercure?

    Obg

    1. Oi, Laertes! O Hotel Mercure é um rede de qualidade, mas é muito impessoal, na minha opinião. Parece hotel de quem está na cidade a trabalho ou para algum congresso! Não é um hotel que espelha Florença…. ele poderia estar localizado em qualquer lugar do mundo… Entende o meu ponto de vista? Mas, claro, tudo são escolhas… 😉

      1. AvatarLAERTEScomentou

        Oi Babi!!! Obrigado pela atenção… Claro que entendo, mas não pagaria pela hospedagem rs
        A localização dele pelo é boa ou é perigosa?

      2. Por um lado a localização é boa, pois fica próximo à estação, e isso pode ser útil para você… Porém, sinceramente, esta área ao redor da estação não é bonita. É confusa, barulhenta, suja, com mais pedintes… Se estar próximo à estação não for algo primordial na sua programação, eu ficaria hospedada em outro lugar.

  2. AvatarDébora Siqueiracomentou

    2- Sou vegetariana e sei que boa parte dos pratos italianos vai carne.
    Vc indica algum lugar bacana que tenha bons pratos vegetarianos (seria um post legal)?

    Obrigada!

    Bjks

    1. Oi, Débora! Seria mesmo um post interessante para se fazer… Vou pesquisar! De qualquer forma, fique tranquila, pois os restaurantes sempre tem opção para vegetarianos! 😉 Bjos, obrigada pela sugestão!

  3. AvatarDébora Siqueiracomentou

    Oi Babi!
    Seu blog é demais… Conteúdo, lay out… Tudo maravilhoso!
    Parabéns!
    Queria te fazer 2 perguntas:
    1- Vamos ficar 3 dias em Florença e hoje reservamos o hotel em Santa Mª Novella…
    Chama-se Maison Bianca, na Viale Belfiore. Fiquei preocupada com a tua observação sobre ser perigoso o bairro.
    Alguma recomendação?

    2 – S

    1. Oi, de novo! 🙂 Aqui não há a violência que tanto nos assunta no Brasil. Quando digo perigoso, seria mais para roubos, não assalto, principalmente se você estivesse sozinha… Andem com atenção e se possível, usem taxi.

  4. Avatarmilton vignatticomentou

    Babi,
    Sou amigo do Sergio (Viscovino/Panzzano in Chianti) que me falou sobre você. Sou empresário e estou indo em julho/2017 morar em Firenze durante um ano junto com minha mulher e filha, para isso preciso alugar uma casa ou apartamento em Firenze ou arredores.Minha filha (sete anos) vai estudar em Bagno a Ripoli. Se possível, gostaria que me indicasse bons bairros em Firenze ou lugares no entorno que pudesse ter uma vida tranquila sem o tumulto natural do centro de Firenze.
    Se puder me ajudar, te agradeço imensamente. Um abraço. Milton

    1. Oi, Milton! Que legal que vem fazer esta experiência aqui na Itália! Os bairros bons de Florença são Le Cure, Piazza Libertà, Piazza Beccaria, Campo di Marte e Coversciano. O centro também pode ser legal, mas os apartamentos costumam ser mais antigos e apertados. Não te aconselho zona Porta al Prato, Novoli, San Lorenzo e estação SMN. Ao redor de Florença é muito bacana Fiesole e Settignano. Na sessão “Vida na Itália” do viva Toscana você vai achar diversas dicas! Existem empresas que fazem este serviço de recepção, encontrar casa, escola, cursos, e de toda parte burocrática de vistos. Se quiser uma indicação, me envie email!
      Abraços, Babi

      1. Avatarmiltoncomentou

        Babi,
        Te agradeço pelo carinho da resposta, tenha certeza, de muito valor pra nossa família. Se eu puder contar com a ajuda especializada de uma empresa ai em Firenze, tudo certamente ficará mais fácil pra nós.
        Te peço a gentileza de me passar o contato para que possamos avançar em nosso processo.
        Muito Obrigado, Milton

  5. AvatarCecíliacomentou

    Parabéns pelo blog!
    Adorei as dicas!
    Reservei um hotel que fica próximo da igreja St. Maria Novella ( Grand Hotel Minerva) ali também é “perigoso” ?
    Obrigada desde já!!!
    E mais uma vez, parabéns !

    1. Oi, Cecília! Não, tranquila! A Piazza de Santa Maria Novella é muito bonita e segura. 😉 Vocês vão gostar do Minerva! Bjos e obrigada pela visita!

      1. AvatarCecíliacomentou

        Obrigada Babi!
        Mais uma vez parabéns pelo blog!
        Está me ajudando bastante na organização do nosso roteiro !

        Grande bjo!

  6. Avatarletcomentou

    Gracie mile Babi!! baci!! 🙂

  7. Letícia, alí na Trattoria dell'Orto tem tagliollini al tartufo. Aliás, se for jantar lá, te aconselho ficar o dia inteiro sem comer, pra ter bastante fome quando chegar lá! haha! Não deixe também de pedir pelo "Antipasto dell'Arturo". A foto que coloquei aqui no post foi feita no Ristorante alla Piazza que fica no Chianti. Baci, baci! 😉

  8. Avatarletcomentou

    ai que ótima dica Babi!! Vou lá com com certeza! Não querendo abusar da sua boa vontade, e aquele prato con trufa o "Tagliollini con trufa"? Onde vc comeu? Alguma indicação de restaurante que tenha trufas e que eu não gaste uma fortuna? Obrigada! Bjs