Roteiro de 4 Dias por Florença

A primeira vez que vim à Florença a turismo, láááá em 2005, fiquei 3 dias na cidade e não consegui atravessar o Rio Arno para conhecer o Palazzo Pitti e o Oltrarno! Hoje faz mais de 6 anos que vivo em Florença, sou guia turística e posso afirmar (sem vergonha), que ainda há muitos lugares a conhecer e explorar nesta cidade! Estou contando isto para vocês, pois quero quebrar de vez a ideia de que Florença é pequena e dá pra conhecer em um dia. Não dá. E para dar uma forcinha para aumentar no seu planejamento de viagem os seus dias em Florença, aqui vai um roteiro completinho para 4 dias e 3 noites na cidade “berço do Renascimento”!

por-do-sol-05


No primeiro e último dia de viagem, vou considerar somente meio período, imaginando que você chegará em Florença antes do almoço e irá partir depois do almoço. Para ter mais informações sobre cada atração e o que não deixar de ver, clique nos links.
Dia 1
De manhã: chegada em Florença, check-in no hotel
Almoço: Mercado Central de San Lorenzo – No mezzanino têm uma grande variedade de especialidades toscanas, da massa e pizza aos queijos, salames e trufas. As mesas posicionadas centralmente são comunitárias para todos.
De tarde:
1. Duomo di Santa Maria del Fiore – entrada gratuita. Costuma ter fila em alta temporada, mas como não há bilheteria ou detectores de metal, ela escorre fácil, então não se assuste com o tamanho dela!
2. Batistério de São João Batista – 15€ ingresso cumulativo com o museu, torre e cúpula. É um dos edifícios mais antigos de Florença. Maravilhosa a sua cúpula internamente decorada com mosaicos realizados entre os séculos XIII e XIV.
3. Museu da Opera del Duomo – 15€ ingresso cumulativo com o batistério, torre e cúpula. Conta a história da construção da Catedral de Florença. Obras d Michelangelo, Donatello, Lorenzo Ghiberti, entre outros.
4. Piazza della Republica – coração de Florença, onde a cidade nasceu em 59 a.C. Seu aspecto atual é fruto da reforma de 1865 em ocasião de Florença capital da Itália.
5. Chiesa di Orsanmichele – Entrada gratuita. Particular igreja de planta retangular, decorada externamente  com 14 nichos com estátuas realizadas por diversos artistas, entre eles o famoso São Jorge de Donatello (cópia).
6. Piazza dela Signoria e Loggia dei Lanzi – Uma das praças mais bonitas da Itália, devido ao grande número de esculturas. Entre elas o famoso David de Michelangelo (copia), o Perseus de Cellini e o Rapto das Sabinas de Giambologna.

 

roteiro-florenca-dia1

 

roteiro-florenca-dia1-fotos


Dia 2

De Manhã:
7. Igreja e Praça Santissima Annunziata – A praça é circundada em 3 lados por uma série de colunas e arcos que seguem o modelo renascentista de Brunelleschi para o Ospedale degli Innocenti. A igreja internamente é um dos poucos exemplos de barroco em Florença. Entrada gratuita.
8. Galleria dell’Accademia – Aconselho reservar o ingresso e horário de entrada para às 9:00. Encontra-se exposto o original do David de Michelangelo e outras obras do mesmo autor, com os Prisioneiros. A visita dura cerca de 1 hora.
9. Palazzo Medici-Riccardi – Primeira grandiosa residência da Família Medici que governou Florença por mais de 3 séculos. Não deixe de se aproximar ao portão para ver internamente a sua corte interna. Este é o primeiro exemplo de palácio renascentista.
10. Igreja de San Lorenzo – Uma das primeiras igrejas católicas de Florença, consagrada em 393 d.C. por Santo Ambrósio, foi a primeira catedral da cidade. No séc. XV os Medicis pegam o patronato e encomendam à Brunelleschi a sua reforma.
11. Cappella dei Principi – Ingresso 6€-3€. Mausoléu da família Médici. Internamente é completamente revestido de mármores e pedras preciosas na técnica do commesso fiorentino, inventada especialmente para este edifício. Na sacristia nova, importantes obras de Michelangelo.
12. Igreja e Praça de Santa Maria Novella – Ingresso 5€-3,50€. Igreja dominicana, construída em época medieval (início séc. XIII), mas é a única a conter uma fachada original Renascentista feita por Leon Batista Alberti. Internamente obras de Giotto, Brunelleschi, Masaccio, Ghirlandaio, Paolo Uccelo, entre outros.
roteiro-florenca-dia-2-manha
roteiro-florenca-dia-2-manha_fotos

 

Almoço: Trattoria Gargani, Via del Moro 48 – 20-25€/pessoa – Histórica tratoria fiorentina, conhecida por “A Trattoria dos Artistas”. O prato chefe é o Garganelli com camarão e açafrão.

 

De Tarde:
13. Palazzo Strozzi – Era a residência da família mais rica de Florença na primeira metade do século XV, antagonistas dos Médicis. Hoje é um museu privado com exposições temporárias.
14. Igreja e Praça de Santa Trinita – Ao centro uma coluna proveniente das Termas de Caracala em Roma e a estátua da justiça. Ao seu redor, Palazzo Spini-Ferroni (1300), Palazzo Buondelmonte (1400), Palazzo Bartolini Salimbeni (1500) e Igreja de Santa Trinita (1600). Entrada gratuita, ver a Cappela Sassetti com histórias de São Francisco por Ghirlandaio.
15. Ponte di Santa Trinita – Construída na metade de 1500 sob desenho e projeto de Michelangelo. Destruída em 1944 por Hitler e reconstruída igual. Decorada com 4 estátuas que representam as  estações do ano.
16. Igreja e Praça de Santo Spirito – Entrada gratuita (16h-17h30). Projetada por Brunelleschi no século XV. Internamente na sacristia podemos admirar a única obra de Michelangelo em madeira.
17. Palazzo Pitti – Ingresso 13€. Terceira residência da Família Médici, o maior palácio de Florença, construído em estilo Renascentista entre os séculos XV e XIX. No primeiro andar, obras de Filippo Lippi, Caravaggio, Tiziano, Rafael, entre outros e os apartamentos reais.
18. Ponte Vecchio – a ponte mais velha de Florença, conhecida pelas suas joalherias e pelo Corredor Vasariano que a atravessa.

roteiro-florenca-dia-2-tarde
 Mapa

roteiro-florenca-dia-2-tarde_fotos

Dia 3

De Manhã:

19. Palazzo Vecchio – Ingresso 10€ – Edifício construído à partir do fim do século XIII por Arnolfo di Cambio. Sede do poder político desde então até hoje, onde fica o gabinete do prefeito. Internamente, salas com tetos decorados por diversos artistas do século XVI no comando de Giorgio Vasari. A mais famosa delas, o Salone dei 500 de proporções grandiosas para abrigar o Conselho de 500 homens, onde encontra-se o “Gênio da Vitória” de Michelangelo. Visita dura cerca de 1 hora.

20. Casa de Dante – O grande poeta fiorentino viveu até 1300 nesta região da cidade, quando foi exilado. O museu da Casa di Dante tem painéis e maquetes didáticos para conhecer melhor Dante e Florença na sua época.
21. Museu Nacional do Bargello – Ingresso 4€ – Contém importantíssimas obras em escultura: o maior núcleo de obras de Donatello, entre elas o São Jorge e David em bronze, as 2 obras que marcam o início do Renascimento na História da arte, obras de Michelangelo, Lucca della Robbia e família. Visita dura cerca de 1 hora.

 

roteiro-florenca-dia-3-manha

roteiro-florenca-dia-3-manha_fotos

Almoço: Trattoria da Rocco, Mercado de Santo Ambrogio – 10-15€/pessoa – Lugar muito simples, com mesas comunitárias, muito frequentado pelos jornalistas do Jornal Fiorentino La Nazione e os professores e estudantes da Universidade de Arquitetura, vizinhos do Mercado. Porções não são muito generosas e como os preços são baixos, dá para provar a sequência completa da refeição italiana.

22. Igreja e Praça de Santa Croce – Ingresso 4-6€ – Igreja franciscana construída no início do século XIII, depois ampliada por Arnolfo di Cambio. Internamente encontramos obras de Giotto e seus seguidores, Donatello, Antonio Canova… Aqui estão enterrados importantes personalidades da história fiorentina e italiana como Michelangelo, Maquiavel e Galileu Galilei.
23. Ponte alle Grazie – A ponte original de 1237 foi destruída pelos nazistas em 1944 e reconstruída completamente nova na década de 50 pelo arquiteto Michelucci.
24. Piazza di San Nicolò – Rodeada de barzinhos, enotecas e restaurantes. Preserva um trecho da muralha medieval que circundava a cidade de Florença em época medieval.
25. Piazzale Michelangelo – Projetada por Giuseppe Poggi em época de Florença Capital (1865-71), é um ótimo ponto panorâmico para ver a cidade de cima e assistir ao pôr-do-sol.
26. Igreja de San Miniato al Monte – Uma das igrejas mais antigas da cidade, construída à partir de 1013, em estilo românico. Atrás da igreja, um cemitério monumental onde está enterrado o autor de Pinocchio, Carlo Collodi. Se visitar a igreja no fim de tarde, por volta de 17:30, é provável que você escute o canto gregoriano.

 

roteiro-florenca-dia-3-tarde

roteiro-florenca-dia-3-tarde_fotos

Dia 4
27. Galleria degli Uffizi –  Ingresso 4-12,50 – O principal museu de Florença e o mais visitado da Itália. Possui obras do estilo bizantino (séc. XIII), ao barroco (séc. XVII), incluindo os principais artistas do Renascimento: Michelangelo, Leonardo da Vinci, Rafael, Botticelli, Piero della Francesca, entre outros. Visita dura cerca de 2 horas.
28. Ponte Vecchio
29. Giardini di Boboli, Museu da Porcelana e Museu da Prata – Ingresso 5€-10€ – O Jardim dos grão-duques de Florença é em estilo italiano, com uma área de mais de 45 mil m² projetada entre os séculos XVI e XIX, decorada com estátuas, grutas e pequenos edifícios como a Kaffeehaus. Com o mesmo ingresso, também é possível ver a coleção de objetos em prata e em porcelana. Visita dura cerca de 2 horas.

roteiro-florenca-dia-4

roteiro-florenca-dia-4_fotos

Almoço: Tamerò, Piazza Santo Spirito – 10€/pessoa – no menu fixo do almoço, você pode escolher uma opção de prato principal, acompanhado de água e café. Se preferir, também tem o menu alla carte. Especialidade massa fresca de produção própria.

Espero ter dados bons motivos para estender a sua permanência em Florença! Lembrando que o Viva Toscana oferece o serviço de guia turística tanto para um museu específico, quanto para acompanhá-los todos os dias, oferecendo mais informações sobre esta cidade cheia de história!

Deixe seu comentário

38 comentários

  1. Oi, Marisa! Aqui no blog tem um artigo sobre o museu Ferrari! Eu acho complicado fazer esse bate-e-volta de Roma, pois já de Florença é cansativo! O bate-e-volta para Florença é mais tranquilo, embora eu não te recomendaria… Florença tem tanta coisa pra ver quanto Roma, precisaria de ao menos 3 dias… Se vcs não dormirem as 4 noites em Roma, até daria para fazer tudo, mas precisaria dormir 2 noites em Florença…

  2. Acompanho o seu blog há muito tempo e o ano passado quando fui para Firenze, fiquei 32 dias, e seus os roteiros me ajudaram muito. É um crime achar que Firenze se conhece em 1 dia. Parabéns pelo seu trabalho e amor que você tem por essa linda cidade. Quero voltar e quem sabe para morar. Beijos

  3. Oi, Ilda! Obrigada pela mensagem carinhosa! <3 Isso mesmo, não dá para visitar Florença em 1 dia! Pecado! Espero que possa voltar em breve pra cá! 😉 bjos.

  4. Guto Netocomentou

    Olá! Excelente o seu blog!!!! Peço a sua ajuda, pois estarei em Florença com minha esposa e filha, pela primeira vez em janeiro, de 19/1 a 22/1 de 2017. Eu preciso comprar antecipadamente as entradas para os pontos turísticos que são pagos?

    Desde já fico grato!

  5. Dino Sandricomentou

    Olá Barbara boa tarde! Estamos montando uma viagem para Italia em Maio/17 e justamente ficaremos 5 dias em Florença, acredito que o seu roteiro cabe certinho com o nosso tendo em vista que um dia faremos as Vinicolas em Chianti. Realmente fiquei em dúvida sobre uma questão, como se desloca em Florença? O melhor seria de Ônibus? As linhas são de fácil entendimento?
    Se puder nos auxiliar.
    Obrigado
    Dino

    1. Oi, Dino! O melhor jeito de se locomover em Florença é a pé! As distâncias não são grandes e o terreno é plano. Abraços e boa viagem!!!

    2. Oi, Dino! Fico feliz em saber que este artigo lhe foi útil para a sua viagem! Bem, o melhor meio de se deslocar em Florença é a pé! As distâncias não são muito longas e o terreno é plano. Abraços e boa viagem!

  6. Amarocomentou

    Nossa, praticamente copiei e colei pra fazer meu roteiro, melhor blog que encontrei sobre a toscana. Que trabalho excelente que você faz Babi, estou pra viajar no final de julho, acha que vale a pena comprar o FirenzeCard pra esse roteiro? Um abraço

  7. Fredericocomentou

    Muito bom! Vi algumas atrações que não estavam na lista de outros blogs. Gostaria de um conselho. Meu roteiro:
    Dia 1 – Chegada por Veneza de trem as 11:30 / meio dia para conhecer Florença;
    Dia 2 – Conhecer Florença;
    Dia 3 -Conhecer Florença ou bate volta em Bolonha;
    Dia 4 – Torre de Pisa.
    Demais dias – Base em Siena para conhecer toscana e depois Roma.

    A minha dúvida é referente ao dia 3. Vale a pena fazer o bate volta em Bolonha ou é melhor dedicar para conhecer Florença?
    Encaminhei um e-mail referente a visita guiada aos museus.
    Abraços.

    1. Oi, Frederico! Eu acho que vc deveria dedicar mais um dia completo à Firenze… Isso, claro, se vc curte entrar nos lugares, tipo igrejas, museus, palácios… Se gosta somente de ver por fora, dai dá para “visitar” Florença em um dia! 😉 Acho que já respondi ao seu pedido de visita guiada, não? Caso contrário, me escreva, por favor! Abraços!

  8. Lisianecomentou

    Querida, como costina ser o tempo em Florença na segunda quinzena de novembro? Há mercados de Natal na cidade?

    1. Oi, Lisiane! Novembro já está frio, mas não com temperaturas negativas! Os mercados de Natal normalmente iniciam na segunda semana de dezembro! Bjos e obrigada pela visita!

  9. Pedrocomentou

    Boa tarde!!
    Você pode servir de guia, ou indicar alguém?

    1. Oi, Pedro! Sim, eu sou guia de turismo oficial privada. No menu na sessão “Serviços Turísticos” você encontra algumas ideias de passeio! Para orçamento e disponibilidade, por favor preencha o formulário de contato que se encontra na descrição do serviço, informando data e número de pessoas. Obrigada!

  10. Anna Menezescomentou

    Adorei suas dicas, iremos ficar 5 dias em abril próximo, mas gostaria de saber o que fazer também com uma criança de 5 anos.obrigada.

    1. Oi, Anna! Aqui no blog tem um sessão de artigos com atividades na Toscana para crianças! Veja no menu > o que fazer > com crianças! Bjos e boa viagem!

  11. Luis Antonio Macieiracomentou

    Parabéns! Adorei seu roteiro, inclusive gostaria de saber suas dicas para dois dias em Veneza (5 a 7/03) e para Roma (7 a 12/3), se possível! Muito obrigado!

    1. Olá, Luis antônio! Para Veneza e Veneto visite o site da Isa, Italia per Amore. Para Roma e Lazio, veja o blog da Luciana, Roma pra Você! Lá vc encontrará várias dicas como aqui!!! 🙂 Abraços e boa viagem!