TOP10 Florença – Principais Atrações

Florença é por si só um Museu à céu aberto! Cidade alguma no mundo possui tantas obras importantes expostas gratuitamente aos seus visitantes, haja vista a famosa Piazza della Signoria e suas mais de 20 estátuas! Sem falar dos edifícios medievais, os palácios renascentistas e os vestígios da ocupação romana que podem passar desapercebido… Veja neste artigo as 10 principais atrações de Florença que você não deve deixar de visitar! Para mais informações, siga os links.

Florença vista do Piazzale Michelangelo
Florença vista do Piazzale Michelangelo

10. Mercado Central de San Lorenzo

Difícil desvincular a Itália do assunto gastronomia! O melhor lugar onde encontrar todas as especialidades fiorentinas e Toscanas é o Mercado Central. A estrutura típica do fim de 1800, em ferro e vidro, é dividida em dois andares. No térreo (seg-sáb, 7:00-14:00) acontece o mercado de fato, com as bancas de frutas e verduras, queijos e embutidos, doces e pães. Aconselho a Banca Perini para comprar produtos gastronômicos para levar para o Brasil! No segundo andar (todo dia, 8:00-00:00) tem uma grande praça de alimentação e diferentes propostas da culinária toscana.

Mercado Central de San Lorenzo
Mercado Central de San Lorenzo
Saiba mais: “O Novo Mercado Central de Florença”

9. Piazza della Repubblica

Este é o coração de Florença, onde foi fundada a cidade romana de Fiorenza em 59 a.C. Local de charme da cidade pós Itália Unida (1861), com seus centenários cafés literários. A praça é rica de vida, com artistas e cantores de rua que animam o passeio dos turistas. As crianças se encantam com o Carrossel que faz todo mundo querer voltar à ser criança!

Piazza della Repubblica
Piazza della Repubblica

8. Piazzale Michelangelo e Igreja de San Miniato

Para ter uma vista panorâmica da cidade berço do renascimento, o melhor lugar é o Piazzale Michelangelo! Uma grande praça que contém ao seu centro uma réplica em bronze do David de Michelangelo, com vista para o Rio Arno, a cúpula do Duomo e as colinas de Fiesole. O horário perfeito para vir aqui é no pôr-do-sol. Mas chegue um pouco antes para visitar uma das minhas igrejas preferidas da cidade, a românica San Miniato al Monte (séc. 11), que fica a poucos passos do Piazzale, subindo umas escadarias. Com sorte você consegue pegar o canto gregoriano que acontece por volta de 18:30.

Piazzale Michelangelo
Piazzale Michelangelo

7. Igreja de Santa Croce

Igreja franciscana construída durante o século 13 em estilo gótico por Arnolfo di Cambio, o principal arquiteto do período em Florença. Internamente, suas capelas são decoradas com afrescos de Giotto e escola. Aqui estão os túmulos de personagens italianos importantes, entre eles Galileu Galilei, Machiavel e Michelangelo. O complexo de Santa Croce é muito grande, não deixe também de entrar na Cappella dei Pazzi (de Filippo Brunelleschi), e no refeitório que contém um grande afresco da Última Ceia de 1360, cronologicamente o primeiro do ciclo de cenáculos de Florença. (seg-sab, 9:30-17:00, dom 14:00-17:00)

Basílica de Santa Croce
Basílica de Santa Croce
Saiba mais: “10 Motivos para Visitar a Basílica de Santa Croce”

6. Palazzo Pitti

Construído em meados de 1400 pelo rico banqueiro Luca Pitti, passou a ser a residência oficial dos grão-duques da Toscana quando cerca de um século depois foi comprado pelos Medici. Ao longo dos séculos seguintes foi gradualmente ampliado mantendo as características estéticas originais, até se tornar o maior palácio de Florença. Internamente há muito que visitar: Galleria Palatina com diversos quadros do século15 a 18, os apartamentos reais, galeria de arte moderna, museu da prata, museu da porcelana e museu de roupas. (8,50 euros, ter-dom, 8:15-18:45)

Sala Bianca, Palazzo Pitti
Sala Bianca, Palazzo Pitti
Saiba mais: “10 Motivos para Visitar o Palazzo Pitti”
Visite o Palazzo Pitti com uma guia oficial em português

5. Galleria dell’Accademia

Originalmente era a Escola de Belas Artes de Florença, fundada em 1783 pelo grão-duque Pietro Leopoldo de Lorena. Virou um museu quando em 1873 decidiram trazer o original do David de Michelangelo, que se encontrava em frente ao Palazzo Vecchio, para um local fechado. Outras obras de Michelangelo foram trazidas para o museu, como os Prisioneiros, San Matteo e Pietà di Palestrina. Completa o acervo do museu pinturas do século 12 a 17. (8 euros, ter-dom, 8:15-18:45)

David de Michelangelo
David de Michelangelo
Saiba mais: “Galleria dell’Accademia – O que ver além do David”
Visite a Accademia com guia oficial em português

4. Ponte Vecchio

Um dos mais conhecidos cartões postais de Florença, esta é a ponte mais velha de Florença, construída em 1345, e a única que sobreviveu à destruição de Hitler em 1944. Era ocupada por açougues até a construção do Corredor Vasariano em 1565, quando o grão-duque Ferdinando I pediu que o comércio da ponte fosse trocado por joalherias.

Ponte Vecchio
Ponte Vecchio
Saiba mais: “Curiosidades sobre a Ponte Vecchio”

 

3. Duomo di Santa Maria del Fiore

Quando foi construído, a Duomo di Santa Maria del Fiore era a maior igreja do mundo! A cobertura com a famosa Cúpula de Brunelleschi foi realizada somente mais de um século depois. Giotto também deu sua contribuição com o projeto da torre do sino, conhecida por Torre di Giotto, e com desenhos para parte do mosaico que decoram o Batistério de San Giovanni. Este é um dos edifícios mais antigos da cidade, com a famosa Porta do Paraíso em bronze dourado de Lorenzo Ghiberti.

Duomo di Santa Maria del Fiore
Duomo di Santa Maria del Fiore

2. Piazza della Signoria

Domina a praça o imponente Palazzo della Signoria, mais conhecido como Palazzo Vecchio, desde a sua construção (1299) a sede e símbolo do poder da cidade. Ao seu ingresso, a cópia do David de Michelangelo e Hércules e Caco de B. Bandinelli. De frente ao palácio, a Loggia dei Lanzi abriga estátuas da antiguidade ao romanticismo, e ao lado a Fontana de Netuno, chamada pelos fiorentinos de “il Biancone“. Outras tantas estátuas decoram esta praça, única no mundo pela sua beleza.

Piazza della Signoria
Piazza della Signoria
Saiba mais: “Você Conhece todas as estátuas da Loggia dei Lanzi?”

1. Galleria degli Uffizi

O mais antigo e mais visitado museu da Itália. Aberto ao público em 1769 por Pietro Leopoldo de Lorena, grão-duque da Toscana, hoje ele supera a marca de mais de 2 milhões de visitas ao ano. Aqui encontramos os principais artistas renascentistas, como Michelangelo, Rafael, Leonardo da Vinci, Boticelli, Tiziano, que constitui o maior núcleo do museu, além de pintores de outros períodos, como Giotto e Caravaggio. (8 euros, ter-dom, 8:15-18:45)

Uffizi
Galleria degli Uffizi
Saiba mais: “6 motivos para visitar o Uffizi”
Visite o Uffizi com uma guia oficial em português.

Florença muitas vezes é subestimada nos roteiros de viagem. Muita gente acha que em um dia consegue visitar a cidade, mas no fim acaba por ser muito superficial. O ideal é ficar ao menos 2 dias completos, e mesmo assim não será possível ver todas as 10 atrações citadas neste artigo. Além delas, tem tantos outros lugares interessantes de se visitar, como a Igreja de Santa Maria Novella, o Museu Nacional do Bargello, Palazzo Medici-Riccardi, Igreja de San Lorenzo, Mercado de Sant’Ambrogio, Piazza e Igreja de Santissima Annunziata, Ospedalle degli Innocenti, só para citar os mais conhecidos!

Aqui no Viva Toscana tem um artigo com um roteiro completo por 4 dias em Florença. Ou, se preferir, também pode contar com o acompanhamento de uma guia turística oficial em português que vai te apresentar Florença com informação, história e curiosidades! Saiba mais aqui sobre o citytour em Florença!

Deixe seu comentário

4 comentários

  1. Patriciacomentou

    Eu diria que uma semana é o tempo ideal para conhecer e curtir Florença com a calma que ela merece! Amei demais e pretendo voltar!

  2. Déboracomentou

    Babi,
    Estou em Florença há 2 dias e me apaixonei de cara pela cidade!
    Hoje fomos para San Gimignano! Me emocionei com toda beleza da Toscana!

    Quero te parabenizar e agradecer, pois indiretamente vc contribuiu(está ainda) com a nossa viagem!

    Sucesso e beijo grande!

  3. Cibele Felipin Pereiracomentou

    Babi, Voltamos ao Brasil e queremos agradecer a sua competência, gentileza e carinho para conosco, nos passeios que realizamos contigo! Tanto o city tour por Firenze, quanto o passeio em Greve in Chiante e sangimignano foram ótimos, aprendemos e nos divertimos muito!!!! Abração e arrivederci, Cibele e Dillon

    1. Oi, Cibele, querida! Que bom que gostaram dos nossos dias juntos! Muito obrigada por vir aqui deixar seu recadinho!!! 🙂 Espero revê-los em breve! Bjos pra vcs e lambeijos para a cachorrada! 😀