Capodanno Fiorentino – O Ano Novo dedicado à Madonna

Até 1750 o ano novo em Firenze era comemorado no dia 25 de Março, exatamente 9 meses antes de Natal, dia que a igreja católica determinou a Anunciação do Arcângelo Gabriel à Maria. Durante a Idade Média a Europa seguia o calendário juliano, que considerava o início do ano a data de nascimento do menino Jesus, mas mesmo assim cada lugar poderia ter uma data diferente embora sempre seguindo a tradição religiosa: no dia de Páscoa ou mesmo no dia da Anunciação, o caso de Firenze.

L’Annunciazione de Simone Martini (1333) Galleria degli Uffizi
O Ano Novo Fiorentino era comemorado na Piazza Santissima Annunziata onde fica a igreja de mesmo nome, de origem muito antiga e cercada de milagres! A primeira capela em homenagem à Virgem foi construída após o primeiro milagre: em 1082 os Fiorentinos venceram a batalha contra o Imperador Enrico IV. Firenze foi sempre muito ligada à Virgem Maria e considerou a vitória um milagre. Assim sendo, construiu a capela para agradecê-la, exatamente na zona onde se desenvolveu a batalha.
O segundo milagre ocorreu alguns séculos depois, quando em 1233 a Virgem Maria apareceu à 7 nobres fiorentinos que resolveram se abdicar da riqueza para viver uma vida de penitência e prece. Fundaram a ordem dos Servos de Maria e substituíram a pequena capela construindo uma verdadeira igreja.
O terceiro milagre ocorre durante o afrescamento do teto da igreja. O encarregado Fra Bartolommeo não conseguia completar a sua obra principal que representava a Anunciação. Faltava somente o rosto de Maria. Durante um dia de trabalho, Fra Bartolomeo adormece e sonha com um anjo. Ao despertar encontra o lindo rosto de Maria completado!
Este último milagre atraiu gente de todo o contado que vinha em peregrinação até Firenze no dia da Anunciação para admirar o milagre do afresco e levar ofertas à Virgem. Para acolher todas estas pessoas, se organizava um mercado na praça.
Interior da Igreja de SS Annunziata e a Praça de mesmo nome
Hoje o dia do ano novo Fiorentino é lembrado com um corteo histórico pelas ruas do centro histórico de Firenze que vão em direção à Igreja de Santissima Annunziata para presentear a Virgem com Lírios brancos, flor símbolo de Maria, mas também de Firenze (Giglio). O tradicional mercado na praça continua, mas agora não mais com objetos de devoção ou oferendas, mas com artesanato e produtos típicos.
Embora desde 1582 tivesse entrado em vigor o calendário gregoriano – que seguimos até hoje – que determinava o dia primeiro de janeiro como início do ano, Firenze só foi seguir-lo à partir de 1750, quando um decreto do Grão Duca Francesco Stefano de Lorena assim determinou.
Vou colocar mais fotos aqui e no Facebook no dia 25 de Março!

Deixe seu comentário

4 comentários

  1. Anônimocomentou

    Babi sempre nos enriquecendo com suas maravilhosas informações. Muito bom! Obrigada
    Claudia Moura