O que fazer em Florença no Verão

O calor de Julho e Agosto em Florença castiga o turista… Os termômetros durante o dia marcam temperaturas acima dos 30 graus enquanto que de noite ela fica logo abaixo. Mas é justamente neste período que conseguimos fazer algumas coisas que nos outros meses não é possível! Neste artigo, 6 sugestões de passeios e atividades para se refrescar do verão!
omino-clet


1. Passeio de bicicleta

Florença é a cidade ideal para andar de bicicleta. Poucos desníveis, muitas ciclovias e ruas fechadas para o trânsito de carros, facilitam o passeio sobre duas rodas! Você pode alugar uma bike por um dia e conhecer áreas da cidade mais afastadas do coração do centro histórico, como os bairros de San Nicolò, San Frediano, Parque Le Cascine e até mesmo (com uma mountain bike) encarar a subida  até o Piazzale Michelangelo!

biketour_19

O Viva Toscana organiza passeios culturais em bike por Florença no fim de tarde (18:00-20:30) passando pelos seus principais monumentos e finalizando com um aperitivo na Piazza Santo Spirito! Entre em contato [aqui]  para mais informações! Mas se sua vontade de aventura for grande, conheça os percursos maiores pelos arredores de Florença e até mesmo pelo Chianti [aqui]!
2. Esporte Aquático no Rio Arno
Que tal ver Florença de uma perspectiva completamente diferente? Cada vez mais pessoas procuram pela experiência de ver Florença por este ângulo novo, passeando pelo rio, por de baixo de suas pontes!!! E o que torna esta experiência ainda mais incrível (e eu provei ela), é estar sobre uma prancha de Stand up Paddle e, ainda mais inusitado, uma bicicleta aquática! Isso, mesmo! Em Florença se pedala até sobre as águas do Rio Arno!
Foi uma experiência incrível “pedalar” no Rio Arno!!!
Quem organiza os passeios é a We Like Tuscany, parceira do Viva Toscana. O giro em SUP e na WaterBike dura 2 horas (19:00 às 21:00), é acompanhado por guia e custa 60 euros por pessoa, tudo incluso. O ponto de encontro é na Pescaia de Santa Rosa (entre Ponte alla Carraia e Ponte Amerigo Vespucci). Você pode chegar aqui (Parada S.Rosa Sn) com os ônibus das linhas 6, 12, 36 e 37. Para reservas, entre em contato com o Luca [por aqui]!
3. Piscina

Se tiver uma manhã, uma tarde ou um dia inteiro sobrando na sua programação, não tem jeito melhor de se refrescar que dando um mergulho na piscina! Dentro do Parque Le Cascine fica a Piscina Le Pavoniere, com 33×16 metros de tamanho! O ingresso custa 10 euros no fim de semana e 8 euros durante a semana, e cada cadeira de sol 4 euros. Aberto todos os dias das 10:00 às 19:00. O melhor jeito de chegar aqui é de bicicleta, mas você também pode usar o ônibus 60,

Piscina Le Panoviere

Do lado oposto da cidade, no Lungarno Aldomoro, fica a Piscina Bellariva, com uma Piscina olímpica e outra para crianças. Aberta das 10 às 19 horas, ingresso no fim de semana 8 euros e durante a semana 7 euros. Você pode chegar aqui com o ônibus 14, saindo da estação central de SMN, desça na parada “Aretina 02”.

4. Museu

Visite os museus e suas salas refrigeradas com ar condicionado durante as horas mais quentes do dia. Evite ficar na rua entre os horários das 11:00 às 16:00 e aproveite para visitar o David de Mchelangelo na Galleria dell’Accademia, o Botticelli na Gelleria Uffizi, ou dar um passeio nos Apartamentos Reais do Palazzo Pitti!

Galleria dell’Accademia
5. Aperitivo com Vista
Esta é a época mais gostosa do ano para fazer aperitivo! O fim de tarde é cumpriiiido e termina com o pôr-do-sol por volta de 20 horas! E para aproveitar cada raio do sol, até o último minuto, o ideal é estar em um ponto panorâmico e em Florença o que não falta são hotéis que oferecem aperitivo na cobertura! Alguns deles: Hotel Minerva, Hotel Baglioni, Hotel Continental, Hotel Saint Regis e Hotel Lucchesi.
Terrazza Brunelleschi, Hotel Baglioni
6. Arte com Vista

Outro programa para aproveitar o fim de tarde em Florença é visitar os museus com vista panorâmica para a cidade. Um deles é o Jardim e Villa Bardini que além das mostras temporárias, possui duas exposições permanentes sobre o pintor milanês Pietro Annigoni e as roupas-esculturas do estilista Roberto Capucci. Durante  primavera e verão, costumam organizar noites especiais de música e aperitivo. Aberto de terça à domingo, das 10:00 âs 19:00, bilhete 6-8 euros.

Villa Bardini – Fonte: www.tempoliberotoscana.it

Durante a alta estação (abril-outubro), o Forte Belvedere abre suas portas ao público para mostras de arte contemporânea. Cada ano um artista é convidado. Em 2016 foi a vez de Jan Fabre mostrar suas obras douradas em contraste com a Florença Renascentista. Aberto de terça à domingo das 10:30 às 19:30, entrada livre!

Forte Belvedere – Fonte: www.intoscana.it

Outro lugar especial em Florença é a Igreja de San Miniato al Monte, próxima ao Piazzale Michelangelo. Uma das mais antigas da cidade, construída no século XI em estilo românico. A igreja internamente é muito mística, principalmente quando você tem a sorte de pegar o canto gregoriano do fim de tarde! Ao redor da igreja fica um cemitério monumental, onde está enterrado o pai do Pinocchio, Carlo Collodi. Aberta todos os dias das 7:00 às 20:00, entrada livre.

Basilica di San Miniato al Monte

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. Que lugar maravilhoso esse! Adorei!Queria muito ir morar na Itália…

  2. Olá,sou apaixonada pela Itália e curto muito minhas passagens por este país. Espero na próxima ida fazer um tour com você pela toscana. Abs e parabéns pelo trabalho.