Giardino Bardini – Jardim com vista Panorâmica

Se você escolheu os meses da primavera para visitar Florença, deve incluir no seu itinerário pela cidade uma outra visita imperdível… o Giardino Bardini! Durante os meses de Abril, Maio e Junho, este jardim de 4 hectares atinge o ápice da sua beleza com 12 diferentes espécies de flores! Nos seus mais de 500 anos de história, cada proprietário trouxe uma tipologia diferente de jardim, num resultado eclético que foi recuperado durante 5 anos de restauro.

Giardino-bardini-florenca_02

O Giardino Bardini está localizado na chamada colina de Montecuccoli, ao lado do Giardino di Boboli, os jardins do Palazzo Pitti, com entrada pela Via Bardi ou Costa San Giorgio. Sua posição elevada nos permite ter uma belíssima vista panorâmica para Florença! Ele começou a tomar sua forma atual em 1600, quando a Família Manadori comprou a propriedade dos Mozzi.

Giardino-bardini-florenca_06

Até então o jardim era usado como um “hortus conclusus”, uma tipologia tipicamente medieval, onde a área verde era circundada por muros e usada quase que exclusivamente para o cultivo de plantas com função alimentar ou medicinal.

Giardino-bardini-florenca_01

Depois de passar por diversas propriedades, hoje o jardim é basicamente dividido em 3 tipologias: a escadaria barroca ao centro, do lado esquerdo um parque agrícola  e do lado direito um bosque anglo-chinês.

A escadaria barroca foi realizada em 1600 pelos Manadori e decorada em 1700 pelos Mozzi com as estátuas em pedra arenária de personagens de vida rural, e fontes decoradas com mosaico. Em 1800 a propriedade foi comprada por Luigi Le Blanc que criou o bosque estilo anglo-chinês, caracterizado pela vegetação sempre-verde, grandes árvores, caminhos tortuosos, lagos e cascatas artificiais e elementos  decorativos exóticos.

Giardino-bardini-florenca_04

Também neste período foi construída a Kaffehaus, local destinado à degustação de café e chocolate quente, uma estrutura típica dos jardins da época. Hoje, nesta construção que fica no topo das escadarias, funciona uma cafeteria.

Giardino-bardini-florenca_09

No início de 1900 a propriedade foi comprada por Stefano Bardini, famoso colecionador de arte que pretendia usar o jardim como um show-room ao aberto da sua coleção. Neste período ele foi enriquecido com diversos elementos decorativos que misturam estilos e épocas. Atualmente são mais de 200 estátuas, vasos e fontes que o decoram!

Giardino-bardini-florenca_08

O restauro (2000-2005) foi pensado não somente para recuperar os elementos decorativos, formação e plantas originais, no respeito da história, mas também para criar novos elementos e propor maior diversidade de plantas. Em março podemos apreciar as camélias, em abril as azaleias, rododendro e glicínias, em maio as rosas e a seguir as hortênsias. Mas a atração mais esperada acontece no mês de Abril, quando floresce o túnel de glicínias, uma flor roxa que parece um cacho de uvas e que cobre todo um trecho de caminho.  A inspiração deste elemento tipicamente renascentista vem do vizinho Giardino di Boboli.

Giardino-bardini-florenca_03

Sorsi di Musica

Durante os meses de Abril a Agosto, o Jardim Bardini organiza todas as terças-feiras aperitivo com apresentação de música clássica.  A reserva é obrigatória. Para saber detalhes e programa, visite o site: www.bardinipeyron.it

Informações Gerais

Endereço: Costa San Giorgio 2 ou Via de’Bardi 1r

Aberto: todos os dias, nos seguintes horários
8.15 – 16.30 (Novembro, Dezembro, Janeiro e Fevereiro)
8.15 – 17.30 (Março)
8.15 – 18.30 (Abrile, Maio, Setembro, Outubro)
8.15 – 19.30 (Junho, Julho, Agosto)

Fechado: 1 de janeiro, 1 de maio, 25 de Dezembro. Toda primeira e última segunda-feira do mês.

Ingresso: 7 euros (inteiro), 3,50 euros (reduzido) – o ingresso é acumulado com Giardino di Boboli, Museo degli Argenti, Museo della Porcellana e Museo del Costume com validade para o dia de compra.

Deixe seu comentário