10 Dicas para Quem Sonha Morar na Itália

Ultimamente tenho recebido muitos emails de pessoas que sonham em morar na Itália: jovens que querem conciliar estudo e trabalho, casais, famílias com filhos pequenos, aposentados, todo dia chega uma mensagem de alguém contando seus planos em busca de uma vida melhor no exterior. Neste artigo reúno as principais dicas que dou à quem me procura em busca de mais informações sobre a vida na Itália.

montalcino-06

1. Viaje legalmente
Nós brasileiros temos um visto de turismo de 3 meses, sem a necessidade de fazer o pedido no Consulado Italiano. Com este tipo de visto, não é possível trabalhar e o mesmo vale para quem tem visto de estudante. Quem tem dupla cidadania da comunidade européia pode trabalhar e permanecer no país livremente. Quem não tem, precisa pedir o permesso di soggiorno. Para mais informação, consulte o Consulado Italiano.
2. Aprenda Italiano!
Parece algo óbvio, mas sabe quantas pessoas já me escreveram “quero morar na Itália, mas não falo italiano“?! Antes de vir, aprenda pelo menos até o nível intermediário. O mercado de trabalho aqui não está fácil pra ninguém e saber a língua é algo imprescindível. Chegando à Itália, não deixe de estudar. Procure por cursos de Italianos voltados para quem mora na cidade, e não para quem vem de férias. Uma dica é a faculdade de letras da sua cidade.
3. Traduza e valide seu diploma no consulado italiano
Para determinadas profissões é necessário validar o seu diploma para poder exercê-la na Itália. Também é importante para quem quer fazer pós-graduação e outros cursos de especialização. Informe-se no Consulado Italiano.
4. Calcule seu custo de vida
Leia o artigo Quanto custa viver na Itália para saber os custos de vida com gastos em alimentação, telefonia, internet, gás, luz, transporte, entre outros. Para saber o valor de aluguel de imóveis (que varia muito de acordo com a cidade), aconselho procurar nos sites kijiji.it e immobiliare.it

5. Alugue uma casa temporária
Antes de decidir onde morar pelos próximos meses (ou anos), alugue um apartamento ou quarto por 1 mês para conhecer melhor a sua nova cidade, ver qual bairro você se identifica melhor, visitar os apartamentos pessoalmente e assim tomar uma decisão mais acertada. Procure pelo seu apartamento temporário no airbnb.com ou veja as opções indicadas pelo Viva Toscana [aqui]. Para saber mais sobre aluguel de casa e apartamento na Itália, clique aqui.

6. A melhor época para chegar é em Abril, 
…quando está para começar a alta estação do turismo e aparecem diversas oportunidades de trabalho temporário no comércio. A alta estação termina em outubro, mas volta a ter alta entre Natal, ano novo e Befana (6 de janeiro).

7. Inscreva-se no Centro per l’Impiego da sua cidade
O Centro per l’Impiego é uma estrutura pública da prefeitura que orienta quem procura e quem oferece trabalho tanto no setor público quanto privado. Também oferece cursos de formação gratuitos para residentes. Foi através do Centro per l’Impiego di Firenze que eu consegui uma bolsa de estudos de um ano para um curso de Bioarquitetura.

8. Faça um curso com estágio final
Uma boa forma de entrar no mercado de trabalho da sua área profissional é fazer um curso que preveja um período final de estágio. Provavelmente será um estágio grátis, mas você terá a oportunidade de mostrar o quanto é bom e quem sabe ter o período de estágio prorrogado, ou até mesmo conseguir ser contratado. Foi assim que consegui meu segundo trabalho num escritório de arquitetura de Firenze.

9. Esteja disponível para trabalhos alternativos
Os italianos começam os estudos mais tarde e prorrogam até quase os 30 anos. Por isto, até esta idade são todos considerados “estudantes”, logo profissionais inexperientes e que portanto ganham pouco (se ganharem salário). Por este motivo, muitos jovens trabalham em cafeterias, bares e restaurantes.

10. Não será fácil, então não desista no primeiro obstáculo
Nem tudo são flores na vida de expatriado. O processo de adaptação à uma nova vida, longe da família e amigos, em um país de cultura, costumes e lingua diferente pode ser lenta e não indolor. Não conte com a solidariedade das pessoas, haja por conta própria, batalhe por aquilo que deseja. O mercado de trabalho está concorrido para todo mundo, italianos, comunitários e extra-comunitários e ninguém será bonzinho em te ajudar pelo seu belo sorriso e simpatia. Diversas serão as pedras que você irá encontrar no meio do caminho e a estabilidade tanto financeira como emocional chegará com o tempo. Por isto, não desista no primeiro obstáculo! Se este é o seu sonho, esteja preparado!

Deixe seu comentário

164 comentários

  1. Fernandocomentou

    Boa noite.
    Obrigado pelas dicas. Gostei muito.
    Gostaria de compartilhar nossa dificuldade. Minha esposa foi convidada para trabalhar em Roma. Já está lá uns 20 dias. foi com visto de turismo, porque a princípio a pessoa lhe deu uma carta chamando para vi,sitar sua casa, mas o intuito é de trabalho.
    Achei seu site porque estou procurando residência mais barata pra ela e estamos na expectativa de irmos. Eu e meus dois filhos, de 15 e 16 anos. estou um pouco preocupado porque a pessoa que a chamou pro trabalho está dando pouca assistência. Prometeu muita coisa e não está cumprindo. Minha esposa tinha um negócio próprio e desfez para encarar este desafio. È profissional na área de makes e cabelo. Estou com receio de ir, já que eu ainda não tenho onde trabalhar. Sou descendente de italianos, mas minha descendência é feminina e o consulado disse que não aceitam. enfim, aceito qualquer dica que possa ajudar. desde já, agradeço pela atenção.

  2. arletecomentou

    Olha nem tenho uma risca de descendência italiana más sonho em ir morar na Itália e toda vez que lanço a pergunta vejo sempre exemplos de descentes (que não o meu caso). a pergunta que não quer calar eu deveria desistir? Tipo saber que não tenho descendência pode influenciar em uma possível jornada para uma migração!aguardo retorno, alias amei a matéria!!!

  3. elizabetecomentou

    obrigada pelas dicas muito boas,tirou muitas duvidas

  4. Vera Helenacomentou

    gOSTEI DAS DICAS.

  5. Fernando Dutracomentou

    Boa tarde. Gostaria de uma informação,da qual não estou achando. Se eu quiser ir para Italia e comprar um motorhome (autocaravana),tenho q ter uma residência fixa?

    Ps: tenho cidadania.

    1. Oi, Fernando! Eu não saberia te dizer isto, mas provavelmente você encontra esta informação no site da ACI P.R.A. que é o órgão responsável pelo registro de compra/venda de veículos. Espero ter ajudado! Abraços!

  6. Bom artigo, muito obrigado.
    Falando sobre internet e tecnologias nos dias de hoje, isso nos ajuda a viver mais confortavelmente. Como agora eu armazeno minha papelada através de datarooms virtuais. Eu sei que é seguro.

  7. Desde criança sonho em morar na Itália, hoje tenho dois filhos um de 5 e outro de 14, tenho pouquíssimo recursos financeiros mas não consigo me imaginar vivendo feliz em outro lugar, tenho descendência italiana por parte da vô, e esse sonho q me acompanha, qual séria o primeiro passo realmente concreto pra conseguir realizá-lo por onde eu começo?

    1. Oi, Samantha! Tem que começar por estudar a língua italiana. Sem fluência na língua é muito difícil/impossível conseguir uma colocação profissional… Depois, conseguir o reconhecimento da sua cidadania, pois assim você será livre para morar e trabalhar na Itália! Espero que consiga realizar seu sonho! Abraços e tudo de bom pra vc!

  8. maria alda araujo vitorcomentou

    RS BOA TARDE! AMO ! AMO! SEU BLOG.

    SOU ARTESA E MEU SONHO E MORAR NA ITALIA.
    SOU PENSIONISTA SERÁ QUE TENHO OPORTUNIDADE COM MINHA ARTE. BJS

    1. Oi, Maria! Florença é a cidade na Itália com o maior número de artesãos. O trabalho manual é valorizado. O principal que você deve considerar é a possibilidade de permanecer no país legalmente, falar italiano e calcular ao menos 6 meses de sobrevivência sem trabalho. Espero que consiga realizar seu sonho!!! Obrigada pela visita e recadinho! Bjos!

  9. Déboracomentou

    Olá Bárbara! E para aposentado, é possível ficar mais de 90 dias na Itália, a exemplo da Espanha? Grata.

  10. Aldo Teixeiracomentou

    muito boa dica,porem ainda vaga,quem quer fugir da violencia e situaçao insustentavel que atravessa o brasil.
    morei 1 ano na toscana meu italiano ainda falta pra dominar, porem trabalhei e conseguia mi comunicar no trabalho e fora….com comprar bilhete de trem cafeteria mercado etc…ah sim sou aposentado.
    in pensione forse pensionato.

  11. Rogériocomentou

    Desculpa não tenho Blog…muito obrigado pelas dicas, estou me programando para uma viagem para Itália, eu e minha família…(Esposa e Filha), Tenho uma filha de 24 anos que esta cursando Direito, ela pretende fazer uma pós na Europa…não sei se é a mesma coisa pois as Leis é diferente em cada país…mas vamos ver…Obrigado.
    Um Abraço…

  12. Ana rosa assalincomentou

    Amo este lugar…quero poder viver aí…mande informacoes

  13. Márcia Espírito Santocomentou

    Parabéns pelo blog , muito bem escrito e esclarecedor!
    Gostaria de uma orientação,se possível!
    Sou completamente apaixonada pela Itália , país que visito todos os anos e tenho muitos amigos queridos!
    Sonho em viver um ano por lá, não tenho intenção de trabalhar pois tenho recursos suficientes para isso e já sou aposentada! Existe algum visto eu poderia solicitar ao consulado da minha cidade? É possível eu realizar esse sonho?
    Desde já agradeço

    1. Oi, Márcia! O consulado italiano poderia te auxiliar nesta questão melhor que eu… acredito que a única maneira de ficar mais de 3 meses na Itália regularmente seria se inscrever num curso com duração de 1 ano. Assim você poderia tirar o visto como estudante! 😉 Espero que consiga dar continuidade aos planos! Um abraço e obrigada pela visita!

  14. Fernanda da silvacomentou

    Obrigado pelas dicas adorei sou formada em gestao de recursos humanos e estou fazendo pedagogia meu sonho ir pra italia

  15. Marcelo Bezerra do Nascimentocomentou

    Sempre sonhei em morar na Itália, tenho uma sobrinha que mora em Modena, estou pensando seriamente em morar e dar uma vida melhor pra minha família 👪, tanti grazie, a rivedete!!!

  16. Nathaliacomentou

    Obrigada pelas dicas valiosíssimas, tenho muita vontade de morar na Itália, estou fazendo curso de Italiano e Inglês e também pedagogia.
    Quem sabe um dia eu consiga realizar esse sonho e se não for para morar pelo menos viajar para conhecer. Sempre achei e acho Lindo!

    1. Oi, Nathalia! Fico feliz em saber que as dicas foram úteis para você! Espero que consiga realizar seus planos! 🙂 Bjos

  17. Maria Tereza mendescomentou

    Obrigado., pelas dicas.