Forte Belvedere – Meu “Terraço” Preferido!

 No início do mês de Julho de 2013 foi reaberto após 5 anos fechado o Forte di Santa Maria in San Giorgio del Belvedere, ou simplesmente, Forte Belvedere. Originalmente uma construção militar do século XVI, em época moderna assumiu um papel cultural de lazer para cidade, proporcionando espaço ao ar livre para mostras de arte moderna. Foi também por verões um lugar muito frequentado pelos fiorentinos que subiam a Costa di San Giorgio em busca do vento que aliviava o calor abafado do centro, onde podiam fazer aperitivo no bar-restaurante e apreciar uma bela vista 180° para a sua amada cidade.
forte-belvedere_01

forte-belvedere_03

“Três Cabeças, Seis Braços”(2008)

 

A construção do forte se iniciou no ano de 1590, projeto de Bernardo Buontalienti, o arquiteto oficial da Familia Medici e terminou em apenas 5 anos. As motivações para a construção de um novo forte na cidade (já existia a Fortezza da Basso) eram vários: proteger a sede do governo (Palazzo Pitti), proteger a parte sul da cidade, demonstrar com toda a sua maestosidade o poder da Familia Medici e por fim ser o depósito do tesouro da família.
 
Long Island Buddha (2013)
O Forte, de fato, nunca foi utilizado para sua função original. Durante o século XVIII os canhões que alí permaneciam foram utilizados somente para anunciar o meio-dia, motivo que levou os fiorentinos da época batizarem-os com o nome de “o canhão da massa”.
 
Pace No. 2 (2001)
A primeira reabertura do forte foi em 1951 como um museu de arte contemporânea. Hospedou as mostras de Henry Moore, Dani Karavan, Carros da Ferrari, Fernadno Botero, Alberto della Ragione. Foi fechado em 2006 a causa do acidente fatal de dois jovens italianos que precipitaram de uma altura de 10 metros.
 
Em 2013 o forte permanecerá aberto do dia 8 de Julho até 15 de Outubro com a mostra do artista chinês Zhang Huan “A Alma e a Matéria”. São expostas obras de diferentes fases do artista, desde o seu período em New York, onde buscava sua própria individualidade, até o momento de retorno à pátria, quando entra em contato com a história e a espiritualidade budista durante uma viagem ao Tibet.
 
Taiwan Aluminium Buddha – com seus 5,3 metros de altura!
Como chegar: Carro, ônibus número 12 – descer na parada “Galilei 03” e caminhar pela Via di San Leonardo-, ou fazer um longo trajeto à pé e em subida pela Costa San Giorgio ou Via Belvedere.
Horário de funcionamento: das 10:00 às 20:00, fechado nas quintas-feiras
Ticket: 5 euros.
Site: www.oncevents.com/fortedibelvedere
 
Mais fotos do Forte e da Mostra na página Facebook do Viva Toscana: Exposição Zhang Huan – Forte Belvedere
 

Deixe seu comentário