O que Fazer em San Gimignano

Se você me perguntar qual é a cidade imperdível da Toscana (depois de Florença, claro), eu te digo San Gimignano. É verdade que ela é muito turística, visitada por mais de 3,5 milhões de pessoas ao ano, mas mesmo assim, não perdeu seu charme e encanto! Quem a visitou, não esquece e suspira sempre ao lembrar dela… San Gimignano e suas pitorescas torres medievais! Veja neste artigo o que não deixar de ver e fazer durante a sua visita.

san-gimignano-30

Duomo di Santa Maria Assunta
O Duomo de San Gimignano externamente é muito singelo, e por isto será uma surpresa entrar e ver a beleza do seu interior! Ele é inteiramente decorado nas paredes e teto com afrescos do século 14 que contam histórias do novo e velho testamento. O estado de conservação destes afrescos é impressionante, preservando suas cores vividas e detalhes!

fonte: www.duomosangimignano.it
Ingresso: 2-4 euros (audioguia gratuito)
Abertura: de 01/Abril à 31/Outubro – de seg-sex 10h-19h30 – sáb 10h-17h30 – dom 12h30-19h30
                de 01/Novembro à 30/março – de seg-sáb 10h-17h – dom 12h30-17h
Fechado: 1° de Janeiro, 15-31 de Janeiro, 12 de Março, 15-30 de Novembro, 25 de Dezembro
Subir na Torre Grossa
Também conhecida como Torre del Podestà, esta é a torre mais alta de San Gimignano, com 54 metros de altura! Construída entre 1300 e 1311 ao lado do novo Palácio do Podestà, o cargo político mais alto da cidade em época medieval. Nenhuma outra torre poderia ser mais alta que ela. Do seu topo, uma linda vista panorâmica da cidade e dos campos que a circundam!

Ingresso: 5-6 euros
Abertura: 01/Abril-31/Outubro, das 9:30 às 19:00
                01/Outubro-31/Outubro, das 9:30 às 17:30
                01/Novembro-28/Fevereiro, das 11:00 às 17:30
                01/Março-31/Março, das 10:00-17:30
Fechado: 25 de Dezembro
 
Visitar a Casa-Torre Campatelli
Por muito tempo a única torre de San Gimignano aberta ao público foi a Torre Grossa, mas desde abril de 2016 também é possível visitar o Palácio e Torre Campatelli. A sua última moradora, Lidia Campatelli a deixou de herança para o FAI (Fundo Ambiente Italiano), que após 5 anos de restauro abriu ao público a oportunidade de ver internamente e de modo muito intimo uma típica residência do fim do século 19, início 20, decorada com móveis e objetos originais da tradicional família Campatelli. Saiba mais aqui.

fonte: www.torrecampatelli.it

Ingresso: Adulto 5€ – Criança (4-14 anos) 2€ – Estudante (até 26 anos) 3€

Aberto: terça à domingo das 9:30 às 19:00 (Abril-Outubro)
              terça à domingo das 10:30 às 17:00 (Novembro, Dezembro e Março)
Fechado: Janeiro e Fevereiro
Provar o melhor sorvete do mundo!
Na Praça da Cisterna fica sorveteria conhecida por fazer o melhor sorvete do mundo, a Gelateria Dondoli! O “maestro gelatiere” Sergio ganhou vários prêmios nacionais e internacionais em categoria individual e grupo. A fila é inevitável, mas acredite, vale à pena! Entre as diversas opções, minha dica são os sabores mais originais e exclusivos deles, como a Crema Santa Fina, em homenagem à santa protetora da cidade, de creme ao açafrão e pinoli, ou o Amedei, sorvete ao chocolate premiado. Também muito bom o Sorbeto di Vernaccia, que é o vinho branco tradicional da região.

Mestre Gelatiere Sergio Dondoli

Abertura: Seg-dom, das 10:00 às 23:30

Degustar o vinho Vernaccia
E à propósito de vinho, em San Gimignano encontramos a única uva branca típica da Toscana, a Vernaccia, um vinho DOCG. Você encontrará este vinho em todos os menus da cidade, mas caso queira conhecê-lo melhor, visite gratuitamente o pequeno Museo del Vino Vernaccia, onde é possível degustar algumas das mais de 500 garrafas expostas! Ele está localizado no ponto mais alto da cidade e a vista lá de cima não decepciona!

Abertura: de 1 de Abril à 31 de Outubro, todos os dias das 11.30 às 18.30.
 
Curtir o momento
A visita à San Gimignano não deve haver pressa nem ansiedade por conhecer coisas/lugares. Às vezes esquecemos que férias também devem servir para relaxar e descansar do seu quotidiano frenético, e acabamos transportando esta energia para a nossa viagem. Calma, relaxe, sente em uma mesinha, peça seu vinho e aprecie a paisagem. <3

Informações Gerais
Distância Florença-San Gimignano: 53Km
Cerca de 1 hora em carro pela estrada FI-SI (sem pedágio), com ônibus é necessário pegar 2 linhas (131O e 130), a troca acontece em Poggibonsi) e a viagem leva de 1h15 a 1h40.
Distância Siena-San Gimignano: 42 Km
Cerca de 45 minutos em carro pela estrada SI-FI (sem pedágio), com ônibus (linha 130) a viagem dura de 1h a 1h20.

Estacionamentos disponíveis à pagamento ao redor da muralha.

Site museus: www.sangimignanomusei.it

Deixe uma resposta para Ivan Cancelar

18 comentários

  1. Muito lindo, estou tirando minha cidadania e espero em breve poder ir para a Itália em definitivo!!

    Parabéns pelo Blog!

  2. Ah!! A Itália… Cada lugar mais lindo que o outro!! Bela!!

  3. Mais um lugar para visitar nos meus 7 dias sob o sol da Toscana, rs. Preciso de um help! Seu blog é o mais top, o mais completo e foi providencial. Me tira uma dúvida urgente! Existe um trem que me leve do aeroporto em Roma a Florença ou vou ter que ir ao Roma Termini?

  4. Outra dúvida: a previsão de chegada é às 7 da manhã, só que vc falou que com o horário de verão são 5 horas de diferença. Contando 12h de viagem e o extra do horário de verão, em Roma será 9h. Que horário de trem vc acha que eu consigo pegar após buscar mala e o que for preciso? Help me!

  5. Oi, Philippe! Fico feliz que curta o blog! Obrigada por deixar a mensagem! Espero que de tudo certo nos seus planos. Abraços!

  6. Oi, Philippe! Fico feliz que curta o blog! Obrigada por deixar a mensagem! Espero que de tudo certo nos seus planos. Abraços!

  7. Oi, Flávia! A Trenitalia tem 4 trens Frecciargento ao dia que liga o Aeroporto de Fiumincino com Florença e outras cidades, sem ter a necessidade de fazer a troca! 😉 Que bom que está curtindo o blog! 😀

  8. Oi de novo! Confirma no site da Trenitalia, mas pelo que eu vi, parece que todos os dias os trens partem nas mesmas horas: 11:08 e 15:08!

  9. Louca para voltar e tomar um cálice de vinho e observar ao redor. Ótimo post, como sempre.

  10. Lucianacomentou

    Conheci recentemente San Gimignano. Lindo lugar, onde a paisagem, a arquitetura e as guloseimas italianas me deixou fascinada em querer voltar. Super recomendo. Aliás, o melhor sotcetecfo mundo, realmente é maravilhoso.

  11. A subida a Torre Grossa é tranquila ou é daquelas super íngreme e claustrofóbica??!!! abs.

  12. Oi, Leidiane! A subida é bem tranquila! As escadas são normais, só no último andar, na passagem para o topo, que é bem ingrime e estreita.

  13. Ivancomentou

    Oi Babi, ótimo blog, será minha referência para a viagem. Irei para Roma em 25-02 e, Pisa, em 01-3. Nesse período, você acha que os locais já estarão abertos ou terei alguma dificuldade em visita-los? Se não estiverem, compensa visitar a cidade de San Gimignano, por exemplo? Em relação à temperatura, ainda é muito frio nessa época?

    Parabéns pelo blog.

    1. Oi, Ivan! Fico feliz que tenha gostado do Viva Toscana! Em Roma e Pisa com certeza tudo estará funcionando normalmente. Também acho que vale à pena, sim, passar em San Gimignano! Esta cidade é linda sempre! Ainda vai ser frio, mas nem tanto… entre 5-15 graus… Abraços, boa viagem!

      1. Ivancomentou

        Muito obrigado pelas informações. Acessei o perfil no Instagram. Eu e minha esposa ficamos encantados com as fotos das cidadezinhas. Entrarei em contato em breve, para fecharmos alguns passeios. Muito obrigado e muito sucesso!!

  14. Isabelcomentou

    Amei a reportagem sobre essa cidade maravilhosa q tive o prazer de conhecer em julho de 2015, um lugar lindo a acolhedor! Em 2018 voltarei.