Galleria dell’Accademia – O que ver Além do David

A principal atração que traz todos os anos centenas de milhares de visitantes para a Galleria dell’Accademia em Florença é sem dúvida alguma o David de Michelangelo, o original. Sim, aquela estátua que se encontra em frente ao Palazzo Vecchio é uma cópia! Além do David, a Accademia também expõe outras obras de Michelangelo, cerca de 300 quadros de 1200 à 1500, gessos de esculturas de 1800 e  instrumentos musicais da coleção Medici e Lorena. O museu é pequeno, mas oferece grande diversidade de artes! Veja neste artigo o que não deixar de ver durante a sua visita à Galleria dell’Accademia de Florença.
 
David de Michelangelo
David de Michelangelo
Sala do Colosso
Esta é a primeira sala do museu, onde ao centro está o gesso preparatório do Rapto das Sabinas de Giambologna. A estátua original fica na Loggia dei Lanzi na Piazza della Signoria. Aqui encontramos exemplos dos principais artistas ativos em Florença no século XV e início de XVI. 
Sala del Colosso
Sala del Colosso
 
Entrando, na parede à sua direita, olhe com atenção o curioso e escuro quadro de Paolo Uccello com Cenas de Vida Monástica. Entre os personagens, São Bernardo, São Benedito, São Francisco de Assis e São Jerônimo. Logo ao lado um quadro comprido de cores muito acesas. É o Cassone Adimari do LoScheggia, o irmão do Masaccio, que representa uma cena de matrimônio com o Batistério de São João Batista ao fundo. Logo acima, à esquerda, uma Madonna col Bambino e São João Batista da fase jovem de Botticelli.
sala-del-colosso-1
 
Na parede à direita, um grande painel com Deposição da Cruz feito por duas mãos: na parte superior por Filippino Lippi (filho de Filippo Lippi), e a parte inferior por Pietro Perugino. Em 1504 Filippino morre e é substituído pelo Perugino para completar a obra. Ao lado, um outro grande painel de Perugino com a Assunção da Virgem Maria.
 
sala-del-colosso-2
Galeria dos Prisioneiros
Eu sei que assim que vocês ultrapassarem a porta e entrar na Galleria dei Prigioni, a segunda sala, os seus olhos vão ser atraídos imediatamente pelo David! Contenha a vontade de correr até ele e admire as obras inacabadas de Michelangelo que se encontram neste corredor.
 
Galleria dos Prisioneiros
Galleria dos Prisioneiros
 
São 4 Prisioneiros ou Escravos eram destinados ao quarto projeto para o túmulo do Papa Júlio II della Rovere. Michelangelo chama este projeto de “a tragédia da minha vida”, pois foram 6 versões feitas ao longo de 40 anos. Os escravos são um exemplo da técnica do “non finito” de Michelangelo, quando ele propositalmente não dá o acabamento liso às obras.
prisioneiros-de-michelangelo_accademia
 
Entre os dois pares de Prisioneiros, encontramos o São Mateus, a única escultura realizada (e abandonada pela metade) da encomenda que o Duomo lhe havia feito de 12 estátuas com os 12 Apóstolos.
pieta-e-san-matteo-michelangelo_accademia
 
Antes de chegar ao David, à direita, encontramos uma das 4 Pietà realizadas por Michelangelo ao longo de sua vida, conhecida como Pietà di Palestrina.
 
O David de Michelangelo
Aqui no Viva Toscana tem um artigo inteirinho dedicado ao David de Michelangelo, talvez a estátua mais famosa do mundo! [Leia aqui]
 
Braços da Tribuna
Trata-se de obras de artistas contemporâneos ao Michelangelo. Destaque para a ala à esquerda com a Deposição da Cruz de Agnolo Bronzino e a Anunciação de Alessandro Allori.
 
braco-esquerdo-accademia
 
Gipsoteca
A Accademia era uma escola de arte, fundada em 1784 pelo Grão-Duque Pietro Leopoldo de Lorena. Nesta sala encontramos diversos gessos preparatórios realizados pelos alunos e professores da escola. As obras mais importantes são de Luigi Pampaloni e Lorenzo Bartolini que possuem obras espalhadas por toda Florença, como a estátua de Maquiavel no Piazzale degli Uffizi, ou o estátua de Brunelleschi na lateral direita do Duomo que observa a sua obra-prima, a cúpula.
Salas de 1200 e 1300
Depois de admirar quadros do Renascimento, pode ser um choque entrar nesta sala! Aqui voltamos à arte Gótica Bizantina, com painéis fundo oro e figuras religiosas hieráticas, inexpressivas e pouco volumétricas. Adoro em especial a grande obra à esquerda com a representação da Árvore da Vida feita por Pacino di Buonaguida. Com precisão miniaturística, o artista representa cenas da Gênesis e da história de Cristo.
pacino-di-buonaguida-albero-della-vita
 
 
Na Sala à direita, obras de Giotto e seguidores da sua escola, e à esquerda, obras dos irmãos Orcagna.
 
Um Bônus que você não esperava encontrar
Pouca gente sabe e muita gente passa batido pelo Museu dos Instrumentos Musicais. Acontece que ele fica em uma posição escondida, “nas costas” no visitante. Quando estiver na Sala do Colosso, antes de seguir o percurso à esquerda em direção ao David, vá para a direita.
 
A coleção reúne cerca de 40 instrumentos musicais dos séculos 17, 18 e 19 que provém das Famílias Medici e Lorena. Entre elas está o Piano Vertical mais antigo que se tem notícia, de 1739.
 
Segundo Andar
Não é sempre que o segundo andar da Galeria está aberto. Caso queira ver outros exemplos de arte gótica, aqui você encontrará obras da segunda metade de 1300 e início de 1400 de artistas como Spinello Aretino, Lorenzo Monaco e Bicci di Lorenzo. Destaque para a Anunciação de Lorenzo Monaco.
 
1410-annunciazione-accademia
Informações Úteis
Dias de abertura: terça à domingo (fechado no ano novo, 1 de maio, Natal)
Horário: das 8:15 às 18:50
Duração da visita: cerca de 1h30
Ticket: 8€ (em caso de exposições especiais, €12,50)
Aconselho fazer a reserva dos tickets por 4€ [saiba mais aqui]
GRÁTIS no primeiro domingo do mês
 
O Viva Toscana oferece entre os seus serviços a visita guiada à Galleria dell’Accademia. Para saber mais, [clique aqui]. Preços à partir de 20 euros/pessoa.

Deixe uma resposta para Célia Schmidt Cancelar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários

  1. AvatarCélia Schmidtcomentou

    Olá Babi, acompanho seus post. Gosto muito. Farei um tour pela Toscana de 06 a 14/03. Aluguei um apartamento pela AIRBNB em Florença. Que dicas vc sugere. Obrigada

    1. Oi, Célia! Será que você veio para Florença, ou teve que ficar no Brasil…. Bom espero que esteja bem! Me acompanhe no Instagram para dicas todos os dias!!! Um beijo!