Qual é a Melhor Cidade Italiana para se Viver?

Quantas vezes vocês já me fizeram esta pergunta?! Finalmente eu posso ser mais objetiva na resposta, graças à uma pesquisa que há mais de 25 anos o jornal italiano Il Sole 24 Ore realiza entre as mais de 100 províncias do país. Saiu no fim do ano passado o resultado de 2015 e duas províncias da Toscana se encontram na Top 10!
chianti-11
 
A pesquisa que avalia a qualidade de vida nas províncias italianas é realizada com a análise de 6 áreas temáticas e 36 índices: 
1. Teor de Vida: rendimento per capita, patrimônio familiar, valor médio de aposentadoria, consumo por família, Gastos com o turismo no exterior, Custo m² casa.
2. Serviços/Ambiente/Saúde: Disponibilidade de lugar em berçário, Índice climático, Índice qualidade ambiental, Índice de conclusão de causas civis, Cobertura banda ultra-larga, percentual de emigração hospitalar (quando pessoas decidem seguir um tratamento de saúde fora da cidade que reside)
3. Negócios e Trabalho: Número de empresas registradas, Índice emprego X depósito bancário, Sofrimento de empregos totais, Quota de exportação sobre o PIB, Taxa de Ocupação (15- 64 anos), Empreendimento Jovem (18-29 anos)
4. Ordem Pública: Índice de batedor-carteira, Índice de roubo em casa, Índice de sequestro, Índice de extorsão, índice de fraudes informáticas, Variação de crimes totais (2011-2014)
5. População: Densidade, Saldo migratório, Divórcio, Índice terceira idade, Número médio de anos de estudo, Média da expectativa de vida.
6. Tempo Livre: Número Livrarias, Espetáculos, Despesa de turistas estrangeiros, cinemas, locais de esporte, restaurante/Bares

 

Resultado de 2015
O primeiro lugar nacional vai para Bolzano, província da região Trentino-Alto Ádige, à nordeste do país, quase fronteira com Áustria e Suíça. Além de italiano, parte dos seus habitantes (cerca 518 mil) fala também alemão. O segundo lugar vai para Milão, a capital da região da Lombardia, norte da Itália, com cerca de 3.195.000 habitantes, cuja capital, Milão, é segunda cidade mais populosa da Itália, com cerca de 1.250.000 habitantes, atrás somente de Roma. Em terceiro lugar, Trento, a capital da Região Trentino-Alto Ádige, com cerca de 537 mil habitantes.
TOP 20 – Melhores cidades para se viver na Itália
Florença avança 12 posições com relação ao ano passado e em 2015 aparece em 4º lugar na classificação geral das melhores cidades italianas para se viver. Siena mantém a posição de 2014 e garante a 9º colocação. As demais províncias toscanas aparecem em 22º Pisa, 27º Livorno, 30º Grosseto, 36º Arezzo, 40º Massa Carrara, 42º Prato, 53º Lucca e 56º Pistoia.
No quesito Teor de Vida, o primeiro lugar nacional vai para Milão, seguida por Como e Varese. A província Toscana melhor posicionada é Prato em 26º, seguida por Lucca (46º) e Florença (47º).
Teor de Vida: rendimento per capita, patrimônio familiar, valor médio de aposentadoria, consumo por família, Gastos com o turismo no exterior, Custo m² casa.
No quesito Serviços/Ambiente/Saúde, o primeiro lugar nacional vai para Monza e Brianza, seguida por Ravenna e Bologna. A província toscana melhor posicionada é Pisa em 8º lugar, seguida de Prato (14º) e Florença (17º).
Serviços/Ambiente/Saúde: Disponibilidade de lugar em berçário, Índice climático, Índice qualidade ambiental, Índice de conclusão de causas civis, Cobertura banda ultra-larga, percentual de emigração hospitalar (quando pessoas decidem seguir um tratamento de saúde fora da cidade que reside)
No quesito Negócios e Trabalho, o primeiro lugar nacional vai para a toscana Prato, seguida de Reggio nell’Emilia e Cuneo. As demais 3 províncias toscanas depois de Prato, são Arezzo (6º), Massa Carrara (14º) e Siena (15º).
Negócios e Trabalho: Número de empresas registradas, Índice emprego X depósito bancário, Sofrimento de empregos totais, Quota de exportação sobre o PIB, Taxa de Ocupação (15- 64 anos), Empreendimento Jovem (18-29 anos)
No quesito Ordem Pública, o primeiro lugar nacional vai para Nuoro, seguida de Ogliastra e Crotone. A província toscana melhor posicionada é Siena em 27º lugar, seguida de Massa-Carrara (37º) e Arezzo (53º).
Ordem Pública: Índice de batedor-carteira, Índice de roubo em casa, Índice de sequestro, Índice de extorsão, índice de fraudes informáticas, Variação de crimes totais (2011-2014)
No quesito População, o primeiro lugar nacional vai para Olbia-Tempio, seguida de Ogliastra e Bolzano. A província toscana melhor posicionada é Florença  em 5º lugar, seguida de Siena (11º) e Pisa (15º).
População: Densidade, Saldo migratório, Divórcio, Índice terceira idade, Número médio de anos de estudo, Média da expectativa de vida.
No quesito Tempo Livre, o primeiro lugar nacional vai para Rimini, seguida de Roma e Florença. As demais 3 províncias toscanas depois de Florença, são Massa Carrara (8º), Siena (12º) e Lucca (18º).
Tempo Livre: Número Livrarias, Espetáculos, Despesa de turistas estrangeiros, cinemas, locais de esporte, restaurante/Bares
 
No site do jornal Il Sole 24 Ore você encontra todos os detalhes dos resultados em gráficos e tabelas interativas. Veja aqui. 😉

Deixe uma resposta para Janifer Cancelar

19 comentários

  1. Morei em Torino durante um tempo e fico triste de ver que ela nem aparece nas listas de melhores cidades…

  2. Anônimocomentou

    Muito legal!!

  3. Qualquer lugar da Toscana vale a pena em morar e desfrutar da vida.

  4. Giovanacomentou

    Babi, na sua opinião, qual seria a melhor cidade da Italia para morar em relação a Milão e Florença? Algum bairro específico em ambos que darias destaque pelo bom estilo de vida? Obrigada!!

  5. Oi, Giovana! Olha, são duas realidades completamente diferentes… Milão é uma metrópole, como SP. Talvez masi oportunidade de emprego, mas tmb com mais gente que procura por emprego… Florença tem outro ritmo de vida… É uma cidade menor, mas não tão pequena. Acho que esta é uma escolha mto pessoal. Tem gente não conseguiria viver em Milão e gente que não conseguiria viver em Florença… Tem que achar o seu estilo! 😉 Bjos

  6. Anônimocomentou

    Babi,
    Bom dia!

    Estou tirando minha cidadania para ir para Itália com minhas filhas. Tenho a intenção de abrir um comercio ai. É facil ou é mais fácil encontrar um emprego?Meu nome é Maria.
    abçs

  7. Fabiolacomentou

    Excelente informacao!So fiquei em duvida ,se os melhores lugares Ambiente /Saude tem realmente boa qualidade de atendimento publico para idosos ?

    1. Oi, Fabiola! Visite o link que contém toda a pesquisa completa. Com certeza ali você encontrará esta informação. 😉

  8. Janifercomentou

    Oi Babi! Você é perfeita nos detalhes de todas suas matérias! Parabéns!
    Preciso de uma dica; qual bairro em Florença é bacana para morar? Que tenha um custo/ benefício legal…
    Bjos ?

  9. Eduardo Justino Vessiocomentou

    Adorei a matéria! Parabéns.

  10. Odacyr Oselamecomentou

    Excelente e muito uteis teus comentarios. Somos aposentados 60 e 50 anos e pretendemos ir morar em definitivo no Norte – Belluno, Montebelluna, Mestre ou Verona
    Pretendemos trabalhar, minha experiencia é com moveis e bricolage(inumeras lojas em toda,Italia) minha esposa experiencia com bazar, decoracao, cristais, utensilios domesticos
    Possuo dupla cidadania
    O que devemos fazer ? Algum orgao nesta regiao que possamos contatar e nos inscrevermos para um trabalho?
    Seus comentarios por favor
    Muito obrigado

    1. Oi, Odacyr! Na sessão “Vida na Itália”, tem um artigo chamado “10 Dicas para quem sonha Morar na Itália”. Ali vc encontra esta informação que me pediu além de outras coisas interessantes para saber! ? Abçs, obrigada pela visita e comentário!

      1. Odacyr Oselamecomentou

        Babi, obrigado por sua atençao
        Voce poderia me indicar um site na Italia de Aposentados, ou oferta de empregos a idosos ?
        Muito obrigado
        Odacyr

  11. Anderson Alcindo Marques Benicomentou

    Gostaria de viver na Toscana. Tenho passaporte italiano

  12. mathos danielcomentou

    Muito bom de verdade uma tranquilidade fora do serio parabéns.